PUB
Presença de idosos institucionalizados em almoço com Sócrates, em Guimarães, gera reacções da oposição
Quinta-feira, Junho 2, 2011

O almoço de José Sócrates, realizado em Guimarães a 27 de Maio, motivou uma forte reacção do PSD e CDS/PP de Guimarães que se insurgiram contra ao PS local.

Na base desta reacção estão declarações feitas a uma rádio nacional de idosos e de uma representante do Centro Social de Guardizela que, na opinião do PSD de Guimarães, “são a confirmação – na primeira pessoa! – daquilo que o PSD já vem denunciando há muitos anos a esta parte. (…) São a banalização de um comportamento a todos os títulos lamentável, como tratando-se de algo habitual, normal e até compreensível. São a demonstração de que são as próprias instituições de Guimarães que consideram dever “retribuir” os subsídios do Município, em apoio ao Partido Socialista”.

O CDS também condenou este tipo de mobilização de apoiantes. Os populares vimaranenses dão conta que algumas instituições se sentem na obrigação de “comparecer e movimentar os seus utentes para acções partidárias socialistas, em função das ajudas que lhes são prestadas pela Câmara Municipal de Guimarães”, como deixam a entender as declarações de uma responsável do Centro Social de Guardizela, proferidas a uma rádio nacional naquele almoço, ao afirmar que “costumam ajudar o PS e António Magalhães”.