PUB
Prémio de História Alberto Sampaio regressa em 2016
Terça-feira, Novembro 17, 2015

Prémio distingue trabalhos científicos na área da história. Estava inactivo desde 2008 e retoma no próximo ano.

Depois de em Outubro ter dado início ao procedimento para regulamento do Prémio de História Alberto Sampaio, a Câmara Municipal de Guimarães apresentou para apreciação do executivo, quinta-feira 12 de Novembro, o protocolo e regulamento. A proposta com os documentos elaborados pelos serviços camarários foi aprovada por unanimidade.

O Prémio de História Alberto Sampaio foi criado no ano de 1995 pelos municípios de Guimarães e Famalicão e pela Sociedade Martins Sarmento, onde Alberto Sampaio realizou parte dos seus estudos e actividade. O objectivo era distinguir trabalhos científicos na área da história, de modo a incentivar os estudos e a realização de trabalhos de investigação que, pelo seu mérito, fornecessem contributos significativos para o aprofundamento do conhecimento nesse ramo das ciências humanas.

Nesse mesmo ano de 1995 foi lançada a primeira edição do prémio e desde de aí seguiram-se edições bianuais, rotativamente organizadas pelas Câmaras Municipais de Vila Nova de Famalicão, Guimarães e também pela Sociedade Martins Sarmento, até ao ano 2008.

O concurso estava inactivo desde então, não se tendo realizado mais nenhuma edição. Prevendo-se para o próximo ano importantes comemorações em torno dos 175 anos do nascimento de Alberto Sampaio, foi possível, numa nova congregação de esforços e vontades, considerar a reabilitação deste prémio.

O Município de Braga foi também contactado com o intuito de integrar a instituição deste prémio. Foi na cidade de Braga que Alberto Sampaio realizou os seus estudos preparatórios de admissão à universidade e o Município prestou homenagem a Alberto Sampaio, atribuindo o seu nome a um dos seus estabelecimentos de ensino, a Escola Secundária Alberto Sampaio.

Foi introduzida também a figura de Direcção Científica que, não existindo até agora, passa a ser tutelada pela Academia das Ciências de Lisboa. Esta escolha suporta-se na história e prestígio cultural e científico da instituição, que terá assim a capacidade e os meios adequados para potenciar este prémio.

Artigos Relacionados

Prémio de História entregue este sábado
Quinta-feira, Janeiro 15, 2009

O Quarteto de Clarinetes abrilhantará o concerto de Ano Novo na Sociedade Martins Sarmento no próximo sábado, altura em que será entregue um dos mais prestigiados prémios nocionais na área da historiografia – o Prémio Alberto Sampaio.

No próximo sábado, 17 de Janeiro, será entregue na Sociedade Martins Sarmento o Prémio de História Alberto Sampaio 2008 – prémio que pretende ser um incentivo ao estudo e à investigação histórica em Portugal, ao mesmo tempo que homenageia o historiador vimaranense.

A ocasião será aproveitada para um concerto de Ano Novo que contará com o Quarteto de Clarinetes de Braga e que interpretará composições clássicas de Mozart, Bártok e Bach.

O início do programa está agendado para as 21.30 horas no Salão Nobre da Sociedade Martins Sarmento. O Prémio de História Alberto Sampaio é uma iniciativa conjunta da Sociedade Martins Sarmento, das câmaras municipais de Guimarães e de Vila Nova de Famalicão.

Texto: Paulo Dumas

Artigos Relacionados