PUB
Plantações de pinheiros mansos nas escolas assinalam Dia da Floresta Autóctone
Quarta-feira, Novembro 25, 2015

Dezasseis exemplares de pinheiros mansos foram plantados nos recreios de escolas em Prazins (S. Tirso) e em Ponte. Iniciativa teve como objectivo sensibilizar os alunos para a importância da protecção das espécies autóctenes.

Assinalou-se no passado dia 23 de Novembro o Dia Nacional da Floresta Autóctone. Para dar significado à data as escolas de Deserto, em Prazins (S. Tirso); e a Escola Arqueólogo Maria Cardoso, em Ponte plantaram nos respectivos espaços exteriores vários pinheiros mansos.

À iniciativa juntou-se a loja de Guimarães da cadeia de distribuição AKI, que patrocinou a iniciativa doando 16 exemplares de Pinus pinea, com o objectivo de sensibilizar a população em idade escolar para a importância da conservação da natureza e do papel das árvores na qualidade do ambiente.

O Dia da Floresta Autóctone assinala-se a nível da Península Ibérica. Este tipo de floresta, particularmente as espécies vegetais que a constituem, faz parte do conjunto de árvores do habitat natural do território português, por se adaptarem ao clima deste território.

Entre essas espécies, além do já referido pinheiro manso, incluem-se carvalhos, os sobreiros e as azinheiras, os castanheiros, os medronheiros, os azereiros, os loureiros e os azevinhos. Muitas destas espécies podem ser encontradas a norte da península, por exemplo no Parque Nacional da Peneda Gerês.

Foto DR