PUB
Para onde vai o nosso dinheiro?
Quinta-feira, Setembro 5, 2013

A questão é colocada pela CDU Taipas que afirma que, nas Taipas, tem havido e há um grupo de pessoas com uma relação difícil com as contas.

Continua a CDU taipense a marcar a sua posição, em tempo de pré-campanha eleitoral para as eleições autárquicas, centrando-se nas questões relacionadas com dinheiros e contas – tem-no feito em relação às Festas de S. Pedro, à feira da Cerveja e da Francesinha, à Feira Semanal das Taipas, ao “negócio” Pensão Vilas, à gestão do cemitério, às contas da Taipas Turitermas e agora, em nota enviada à imprensa, relembra, a par destas últimas, a denúncia feita relativamente àquilo que na altura apelidaram de “propina dos alunos pobres” e que desencadeou um processo judicial cujo desfecho se revelou na “descoberta de procedimentos pouco abonatórios que alguns negavam”.

Desta feita os comunistas taipenses trazem também a lume a questão da retirada de areia do rio Ave questionando o paradeiro das contas da quantidade e valor da areia “roubada” ao rio. “Em que estaleiro está? Serviu para saldar contas ou para pagamento por conta?”, são outras questões levantadas sobre o assunto.

“Sobre as contas da feira pairam nuvens de suspeita de corrupção, assim como nas do cemitério. Há muita gente a queixar-se…”, diz a CDU das Taipas para quem, “os taipenses têm direito a saber a verdade e quando a CDU entrar na Junta tudo vai fazer para toda a despesa estar devidamente documentada e registada e à disposição de quem a quiser consultar, além de apurar o que está para trás”.

Artigos Relacionados