PUB
Paróquia de S. Martinho de Sande transmite missa pela internet
Terça-feira, Novembro 4, 2008

Celebrações passam a ser transmitidas pela Internet. Emissão experimental é já no próximo domingo, 9 de Novembro.

A paróquia de S. Martinho de Sande, em Guimarães, equipou a igreja para poder transmitir a missa pela Internet, revelou à Lusa o pároco local.

“É um processo informático simples que foi adaptado às necessidades da igreja”, explicou o padre Abel Arantes de Faria, salientando que a primeira emissão vai ter lugar no próximo domingo no site da paróquia, seguindo-se depois transmissões regulares das eucaristias dominicais.

“Não conheço nenhuma situação idêntica a esta, em que a missa de domingo possa ser vista em qualquer parte do mundo”, salientou o sacerdote.

A igreja de S. Martinho de Sande sofreu obras de restauro durante dois anos e foi colocado um sistema de videogilância, através de seis câmaras, que pode ser visto on-line por cinco elementos do Conselho Económico da paróquia.

“Agora a igreja estará sempre aberta já que haverá sempre alguém a ver o que se passa no interior do templo”, explicou Abel Faria.

“A ideia de transmitir a missa e as cerimónias religiosas pela Internet nasceu para aproveitar o investimento que tínhamos feito nas câmaras de vigilância”, disse a mesma fonte.

A juntar às seis câmaras já instaladas, foi colocada na igreja uma nova máquina, capaz de filmar todo o espaço. As imagens captadas, vão estar disponíveis em www.mogulus.com, no espaço TVSande.

Com cinco mil habitantes e cerca de 1.500 participantes regulares nas cerimónias religiosas, a freguesia tem grande parte da população a residir no estrangeiro e esse é também o público-alvo destas emissões.

“As pessoas deixaram a freguesia porque procuram uma vida melhor em outras terras mas, quando regressam para passar férias, assistem à missa”, salientou o padre Abel Arantes de Faria.

No entanto, será mais a pensar nos “emigrantes, nos idosos e nos doentes”, a missa das 11:00, ao domingo, pode ser seguida via Internet, através da TVSande.

Também no edifício da igreja foram introduzidas diversas alterações. Atrás do altar-mor foi colocado um projector multimédia que fará projecções numa tela colocada no meio do templo.

E o próprio altar dispõe de um painel electrónico que muda as imagens religiosas expostas. Com um custo total de 350 mil euros, as obras de restauro do edifício, construída há duzentos anos, incidiram apenas no interior do templo.

“A população está ansiosa para poder ver o resultado do investimento e para poder assistir à missa através da Internet”, salientou o sacerdote.

Texto: Lusa

Artigos Relacionados