PUB
PSD de Guimarães acusa Domingos Bragança de desautorizar o seu vice-presidente
Quinta-feira, Outubro 15, 2015

A Comissão Política do PSD de Guimarães acusou o presidente da Câmara Municipal de Guimarães de não confiar no vice-presidente da Autarquia, Amadeu Portilha.

A manifestação surge em comunicado emitido pelo PSD de Guimarães e remete para a discussão sobre a instalação de uma unidade de valorização de resíduos sólidos na freguesia de Penselo, trazida à última sessão da Assembleia Municipal, de 28 de Setembro, pelo deputado Joaquim Teixeira, do Bloco de Esquerda; e por César Teixeira, líder da bancada do PSD.

Para a Comissão Política Concelhia do PSD, o presidente da câmara desautorizou o vice-presidente Amadeu Portilha, ao ter referido que iria assumir a responsabilidade na condução daquele processo, depois de, antes, ter referido que o processo de licenciamento estava sob a alçada do Departamento de Urbanismo da Câmara Municipal.

Para o PSD de Guimarães, tendo Amadeu Portilha a tutela do Departamento de Urbanismo da Câmara Municipal, a assunção do processo pelo presidente da câmara foi uma manifestação de desautorização e por isso, dizem os sociais-democratas, “o vice-presidente da autarquia deixou de ter condições de confiança política para prosseguir não apenas nos pelouros em causa como mesmo na função de Vice-Presidente”, lê-se no comunicado.

Entretanto, o Grupo Parlamentar do PSD na Assembleia Municipal requereu ao presidente da Mesa da Assembleia Municipal, António Magalhães, cópias da documentação relativa ao processo EcoIberia, nomeadamente cópia do contrato entre a câmara e a empresa no âmbito do Regulamento de Projectos Económicos de Interesse Municipal, assim como dos relatórios de execução.

Recorde-se que o assunto ganhou maior mediatismo após a emissão de uma reportagem no programa Sexta às 9, da RTP, no dia 25 de Setembro, sobre a instalação da EcoIberia, em Penselo, numa área classificada como Reserva Ecológica Nacional e cujo projecto foi considerado como de interesse económico pelo município.