PUB
PSD considera aumento no financiamento à cooperativa Tempo Livre “injustificável”
Domingo, Março 4, 2012

A Câmara Municipal de Guimarães aprovou, na últimaa Quinta-feira, a atribuição à cooperativa Tempo Livre de um financiamento de 720 mil euros, a pagar em duodécimos, para o ano de 2012.

Quem não esteve de acordo com o montante do financiamento foram os vereadores de PSD vimaranense que votaram contra a proposta apresentada.

Os social-democratas dizem ser “injustificável” o aumento verificado no montante a atribuir àquela cooperativa vimaranese que corresponde a um “aumento de 33% face ao valor transferido no ano de 2011” (de 540 mil euros para 720 mil euros).

“Numa altura de crise transversal, numa altura de cortes sérios e profundos (como na iluminação das vias e artérias do nosso concelho), numa altura em que o Presidente de Câmara alertou para a eventualidade de a Câmara proceder a cortes nos apoios sociais por falta de condições económicas, um aumento (mais 180 mil euros) numa cooperativa que se dedica essencialmente à actividade de desporto e lazer é algo que, a nossa ver, não merece a nossa concordância”, disseram os vereadores do PSD.