PUB
Os seus filhos estão de férias. É tempo de ir à descoberta…
Sábado, Março 21, 2015

Está aí a paragem lectiva do final do segundo período e das férias da Páscoa. Para a ocupação dos tempos livres dos miúdos há várias propostas, que poderão representar experiências tanto divertidas como enriquecedoras.

Começou o período das férias da Páscoa, que se prolonga até ao dia 7 de Abril, terça-feira. Para colmatar os tempos livres há vários programas de férias, que incluem actividades de experiência e aprendizagem, sempre com uma componente lúdica.

Por exemplo, o Serviço Educativo do Centro Cultural Vila Flor organiza na semana de 23 a 27 de Março um conjunto de oficinas onde as crianças dos 6 aos 9 anos poderão aprender um pouco sobre artes plásticas, cinema, teatro ou até mesmo filosofia. O objectivo do “Programa À Descoberta” é estimular a criatividade dos miúdos e valorizar a experiência individual, num contexto de grupo.

Para os mais crescidos, com idades entre os 10 e os 12 anos, o Serviço Educativo do CCVF preparou o programa “Oficin’Ar de Férias”, que consiste num laboratório criativo, em que as crianças são orientadas por artistas e poderão desenvolver a sua própria criatividade. Aproveitando o facto de o Dia Mundial do Teatro se assinalar no final da semana, dia 27 de Março, estas oficinas serão dedicadas à escrita e ao teatro.

Também o Paço dos Duques de Bragança, juntamente com o Museu Alberto Sampaio, tem preparado um programa para a ocupação dos tempos livre durante as férias da Páscoa. O programa decorre igualmente na semana de 23 a 27 de Março e inclui oficinas variadas e divertidas.

Entre as actividades estão oficinas de paleografia (dia 23), onde os miúdos contactam com a arte de decifrar escritas ancestrais, através de jogos didáticos e analisando manuscritos do século XVIII. O programa inclui também uma viagem ao tempo de D. Afonso Henriques, na qual se darão a conhecer algumas curiosidades acerca daquele que foi o primeiro rei de Portugal.

Outra proposta interessante é a exposição “Era Uma Vez… Ciência para quem gosta de histórias”, que está instalada no Instituto de Design de Guimarães, que teve já mais de dez mil visitantes. A instalação foi prolongada até ao dia 11 de Maio e por isso é de aproveitar a oportunidade de ver esta mostra interativa, que faz uso da tecnologia para revisitar o imaginário de dez fábulas tradicionais, explorando fenómenos e conceitos das ciências naturais. Esta exposição está aberta diariamente das 10 às 18 horas. O valor da entrada é de um euro.

Em Braga, o Serviço Educativo do Mosteiro de Tibães preparou igualmente um conjunto de actividades para os miúdos, com ateliês de pintura e de descoberta do ambiente natural do mosteiro e da sua magnifica quinta.

A maior parte destas actividades é paga e pode incluir o almoço e um seguro de acidentes pessoais. O programa do Centro Cultural Vila Flor tem um custo que vai dos 33 aos 58 euros, dependendo se inclui ou não almoço. As inscrições podem ser feitas no formulário disponível no site www.ccvf.pt.

O programa com seis actividades do Paço dos Duques de Bragança e do Museu Alberto Sampaio tem um custo de inscrição de 15 euros ou 2,5 euros por cada actividade. No Mosteiro de Tibães o custo é de 27 euros por dia ou 98 euros, para quatro dias.

Informações e inscrições
Museu Alberto Sampaio
e-mail: masampaio.se@culturanorte.pt
telefone: 253 423 913

Paço dos Duques de Bragança
e-mail: pduques.se@culturanorte.pt
telefone: 253 105 568

Mosteiro de Tibães
e-mail: vagamundo.pt@gmail.com
telefone: 919951850

Centro Cultural Vila Flor
www.ccvf.pt