PUB
O regresso à Divisão de Honra
Quarta-feira, Junho 1, 2005

O Clube Operário de Campelos está de regresso à Divisão de Honra da Associação de Futebol de Braga.

Segundo Dimas, um dos técnicos responsáveis pela subida, “é uma época extremamente positiva, pois acabamos por subir, fomos campeões de série e, de momento, estamos na luta pelo título de campeão da 1ª divisão”, disse. Relativamente ao campeonato e à experiência numa nova divisão, Dimas recorda algumas decepções: “Fiquei defraudado com a competitividade, pois existem equipas com nível muito fraco. Em termos organizativos, é um escalão também com muitas falhas”, adiantou. Contudo, sobre o clube que o acolheu a meio da época, “é uma colectividade humilde, com gente trabalhadora e de muito carácter”, sublinhou. Quanto ao futuro, “ o presidente do Campelos já disse que pretendia falar comigo, mas de momento não há nada acertado”. Quanto ao possível interesse do Taipas nos seus serviços, Dimas refere somente a existência “de uma abordagem informal de um elemento ligado a um clube”, concluiu.
Um dos obreiros da subida dá pelo nome de António Mota, presidente da colectividade que, no seu primeiro ano como líder, levou o Campelos de regresso à divisão máxima do futebol distrital. Segundo revelou, “a subida não estava programadas e, só a meio do campeonato, verificamos que tínhamos condições”, explicou. Relativamente ao seu futuro, António Mota adianta que uma possível recandidatura “ainda não está definida”, no entanto, “um dos grandes méritos desta direcção, caso abandone, é deixar o clueb sem dívidas”, concluiu.

Victor Jorge Oliveira

Artigos Relacionados