PUB
O Mundo uniu-se para celebrar o Dia Internacional da Mãe Terra
Segunda-feira, Maio 7, 2012

Em 2009, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou o dia 22 de abril como o Dia Internacional da Mãe Terra (International Mother Earth Day), através de uma resolução submetida pela Bolívia. O texto da Resolução refere que “a Terra e os seus ecossistemas são a nossa casa” e que “para se alcançar um balanço justo entre as necessidades económicas, sociais e ambientais do presente e das futuras gerações é necessário promover a harmonia com a natureza e a Terra”. “Nós não somos donos do planeta, nós pertencemos a ele”. O termo Mãe Terra é usado, pois “reflete a interdependência que existe entre os seres humanos, as outras espécies e os planeta que todos habitamos”. Segundo o Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas Miguel d’Escoto Brockman, a proclamação deste dia promove uma visão da Terra como entidade que suporta todos os seres vivos que se encontram na natureza. “As pessoas por todo o mundo têm de unir-se para partilhar responsabilidades para regenerar a nossa relação problemática com a natureza.”

Mas o Dia da Terra comemora-se já desde 1970, a 22 de abril, por iniciativa do Senador norte-americano Gaylord Nelson, que pretendeu colocar na agenda politica e mediática o compromisso de preservação do meio ambiente e da sustentabilidade na Terra. Este Senador realizou uma manifestação contra a poluição da Terra, na sequência do desastre petrolífero ocorrido em 1969 em Santa Bárbara, no estado da Califórnia.

Em 2012 comemorou-se o 42º Aniversário do Dia da Terra e o seu tema foi “Mobiliza a Terra”. Esta campanha convocou todas as pessoas do planeta a unirem-se e a falarem a uma só voz. Os eventos puderam ser divulgados e listados pelos seus organizadores no site “Earth Day Network” (www.earthday.org/2012). Segundo informações que constam do referido site, participaram no 42º do Dia da Terra mais de mil milhões de pessoas de 192 países. Cairo, Pequim, Roma, Rio de Janeiro e Melbourne foram algumas das comunidades que se uniram para Mobilizar a Terra. As iniciativas foram muito diversas, por isso apenas partilho aqui algumas:
– no Iraque, o Ministro da Educação enviou recursos educativos do Dia da Terra para as escolas de todo o país, envolvendo mais de um milhão de alunos de 3000 escolas nas atividades deste Dia;
– em Seoul, na Coreia do Sul, uma organização local mobilizou a sua comunidade para aprender sobre temas ambientais e realizar ações práticas de conservação da natureza;
– em Marrocos, um grupo de estudantes organizou uma recolha de lixo e uma plantação de árvores para ajudar a sua comunidade a ser mais amiga do ambiente;
– na Malásia, centenas de pessoas recolheram lixo junto a uma cascata local numa tentativa de recuperar e preservar o seu ambiente natural;
– em Portugal, em Aveiro, realizou-se a “Festa da Terra – 9º Fórum Infanto-Juvenil”, subordinado ao tema “Mobiliza-te pela Terra”, organizado pela ASPEA (Associação Portuguesa de Educação Ambiental) e, em Leiria, decorreram as XIII Jornadas de Conservação da Natureza e Educação Ambiental, organizadas pelo FAPAS (Fundo para a Protecção dos Animais Selvagens).

Decididamente, por todo o mundo, muitos se uniram neste dia para celebrar o maravilhoso planeta a que nós pertencemos e que é a nossa casa. Que o mundo se una para que todos os dias do ano sejam verdadeiramente Dia da Mãe Terra.