PUB
Novembro é mês de Nicolinas, de Guimarães Jazz e, em 2015, de ExcentriCidade
Quinta-feira, Novembro 12, 2015

As Festas Nicolinas, celebração dos estudantes de Guimarães cujo momento alto é a noite de 29 de novembro é, seguramente, a mais “exportável” das noites das festas. A noite do Pinheiro é noite de encontros. É noite de rojões e papas de sarrabulho. De vinho verde. Do Cano ao Campo de São Mamede, há um longo desfile, pontuado pelo som dos bombos e das caixas, num serpentear de toques que se cruzam e, embora sejam o mesmo, parecem diversas vozes que disputam entre si o protagonismo. Esse é dos estudantes. O programa é bem mais vasto e vale a pena conhecer.

Antes das Nicolinas 2015, entramos na segunda semana do Guimarães Jazz, que comemora este ano o seu 24º aniversário. A longevidade do festival só se explica porque no seu cartaz, todos os anos, há Jazz de muita qualidade e porque também há público que sabe do que fala cada uma das edições deste evento.

Em 2015, o festival, referência obrigatória do Jazz internacional, está a registar uma elevada adesão de público – que se desloca a Guimarães para assistir a um cartaz que já nos habituou a surpresas, a descobertas, a projetos irreverentes que ousam desafiar a dificuldade que existe em inovar num área em que parece que tudo já foi feito. Mas não. No Jazz, como em outras áreas artísticas, é a possibilidade do novo que se abre em cada um de nós, espetadores. Somos nós que alimentamos a descoberta, a releitura e a perplexidade. Até este sábado, 14 de novembro, é de novo rei o Jazz em Guimarães.

Guimarães soube, ao longo do tempo, adicionar novas camadas na vida dos seus habitantes e visitantes, somando aos seus históricos atributos uma forte aposta no desenvolvimento do ser humano através da cultura. ExcentriCidade – Outros Palcos Mais Cultura é (mais) um passo importante para essa diversidade e ampliação, atuando especificamente no território concelhio, em novos palcos, e levando a mesma filosofia encetada nos espaços culturais da cidade. Na zona Norte do concelho, a Vila das Taipas e a União de Freguesias de Briteiros São Salvador e Briteiros Santa Leocádia são dois dos cinco locais onde decorrerão, numa primeira fase, este recente projeto da Câmara Municipal de Guimarães. É também pela Cultura que se governa COM TODOS E PARA TODOS.

Vereador da Câmara Municipal de Guimarães