PUB
Novas tecnologias no jornalismo dominam convenção de Guimarães
Segunda-feira, Março 30, 2009

A segunda Convenção de Jornalistas, que decorreu este fim-de-semana, fez passar pelo Centro Cultural Vila Flor uma centena de jornalistas. A utilização das novas tecnologias foi o tema dominante dos dois dias de trabalhos.

A forma como as novas facilidades tecnológicas poderão ser utilizadas na comunicação e na informação, foi o tema que acabou por dominar a segunda Convenção de Jornalistas, que decorreu no passado fim-de-semana em Guimarães.

As novas ferramentas tecnológicas dominam transversalmente os vários meios da imprensa escrita, com a criação sites informativos associados aos conteúdos dos suportes tradicionais em papel, até às rádios e televisões.

A participação do público na forma de fazer informação é também um elemento central nos dias correntes. Uma das conclusões do encontro foi que o leitor deixou de ser um elemento passivo ou mero receptor, passando ele próprio a ser um agente emissor de onde pode partir alguma informação veiculada posteriormente pelos media .

As novas plataformas tecnológicas existentes permitem que um evento possa ser seguido quase em tempo real. Exemplo disso foi a cobertura que foi feita ao minuto da Convenção de Jornalistas e que pôde ser seguida online, por exemplo, no blog do encontro ou no Twiter .

A segunda convenção de jornalistas foi organizada pelo Gabinete de Imprensa, associação de profissionais e colaboradores da comunicação, sedeada em Guimarães. Este encontro decorreu dez anos após uma primeira convenção, sendo que o tema transversal foi perceber as grandes modificações ocorridas nos dez anos que medearam os dois encontros.

A convenção teve 110 participantes, dos quais quase metade era de alunos da área da comunicação, esteve organizada em duas conferências, uma mesa redonda e quatro grupos de trabalho.

Texto: Paulo Dumas

Artigos Relacionados