Nova solução de iluminação deverá cortar 60% da despesa com iluminação pública
Quarta-feira, Agosto 5, 2015

A Câmara Municipal de Guimarães iniciou o processo de substituição das luminárias de iluminação pública para a tecnologia LED, num investimento que deverá chegar aos 10 milhões de euros.

O município de Guimarães quer cortar 60% da despesa com a iluminação pública. A Câmara deu início a um processo de substituição de luminárias para a solução LED, num investimento estimado em 10 milhões de euros. Até ao final de 2017 a edilidade vimaranense espera ter substituídos 37 mil pontos de luz no concelho.

Esta medida insere-se na estratégia de aproximação dos padrões de poupança energética, que poderão ter benefícios para o meio ambiente, reduzindo as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera, diminuindo assim a pegada ecológica do concelho. O objectivo é mais uma vez o horizonte de em 2020 Guimarães ser Capital Verde Europeia.

A operação terá uma fase inicial, que começou no dia 4 de Agosto, substituindo pontos de iluminação pública em alguns arruamento da cidade. A fase seguinte deverá abranger as vilas do concelho de Guimarães.

As novas intervenções no espaço público por parte do município estão já a adoptar esta nova solução de iluminação pública, como é o caso da entrada nascente da cidade em Azurém.