Não esganem os clubes
Sexta-feira, Dezembro 24, 2004

O verniz estala quando a água aquece e ninguém a arrefece. Vem aí um novo ano e permanece a esperança que tudo vai melhorar, os dias serão mais solarengos, os sorrisos mais abertos e as alegrias maiores que as tristezas.
Pelo menos são os meus desejos aqui expressos.

Para o ano é que vai ser!
Desta vez, os clubes de futebol vão dar o exemplo e cativar, em definitivo, o público. Bom, estes são os meus desejos aqui vincados. Pode ser que em 2005 haja o reflexo real do Euro’2004, que por cá passou (lembram-se?).
E será que neste novo ano o Governo, também, vai esganar por completo os clubes, depois de lhes apertar o pescoço, por causa das dívidas ao Fisco que continuam por regularizar. É preciso ter um pouco de piedade. São poucos os clubes que escapam a esta irregularidade mas, no fundo, não passam de vítimas.
O senhor Ministro das Finanças não estabelece privilégios. Há quem considere Bagão Féliz um “homem-de-coragem”.
Sinceramente acho que limita-se a cumprir as suas obrigações.
Os clubes, esses, coitadinhos, continuam a sobreviver com água e pão, fazem por poupar e mesmo assim não são capazes de combater as dívidas que se vêm acumulando.
O público, porém, também é o culpado. Espera ver grandes jogadores, pagos a peso de ouro. E lá se vai o dinheiro. É preciso colocar um travão nesta bola de neve, assentar ideias e olhar para uma equipa de futebol, um clube, com carinho e respeito. Quer nas horas das derrotas e quer nas horas das vitórias. De que vale ter um clube com glórias, e repleto de dívidas?

De que vale andar com roupas de marca e sapatos rotos?

Deixo ficar alguns dados relacionados com as dívidas de alguns clubes desta praça, expressos em milhares de escudos, em função de uma notificação do Fisco à Federação Portuguesa de Futebol, apenas no que se refere ao acordo designado por “totonegócio”:

CC Taipas – 10.828
Sandinenses – 13.120

Vizela – 28.365
Fafe – 35.828
Pevidém – 15.087
Juv. Ronfe – 10.207
FC Famalicão – 89.028

V. Guimarães – 347.470
Sp. Braga – 801.658
Gil Vicente – 190.581
FC Porto – 2. 842.456
SL Benfica – 2. 598.917
Sporting CP – 1. 443.216

BOM ANO DE 2005