PUB
Ministra da Educação entregou prémio ao “Trigal”
Sexta-feira, Março 12, 2010

O Público na Escola distinguiu mais de trinta jornais numa sessão que contou com a presença da Ministra da Educação. Isabel Alçada entregou ao jornal Trigal, da secundária de Caldas das Taipas, o primeiro prémio no escalão de escolas secundárias e profissionais.

A Ministra da Educação, num breve discurso, começou por dar os parabéns pelo 20º aniversário do Público na Escola e saudou em especial o seu director pedagógico, Eduardo Jorge Madureira. “Este projecto revelou-se muito importante para a implementação dos jornais escolares e tem contribuído para aumentar o gosto pela leitura de jornais entre os jovens estudantes”.

Para a actual responsável pela pasta da educação, o jornalismo escolar é importante para o seu ministério já que contribui de uma forma significativa para o desenvolvimento do espírito crítico por parte dos jovens estudantes. “A importância que nós damos ao jornalismo escolar reflecte-se na nossa presença nesta entrega de prémios, juntamente com os cinco directores regionais da educação do nosso país. A envolvência dos alunos nas várias etapas da construção do jornal é enriquecedora e promove o espírito crítico. Ler um jornal é uma forma de nos situarmos mais próximos da verdade e construirmos opiniões mais certas”.

Isabel Alçada referiu ainda que a sociedade actual exige que as pessoas estejam cada vez mais atentas ao que se passa no mundo que as rodeia e que isso também se consegue adquirindo o hábito de ler os jornais. “Um jovem deve sentir que não pode viver sem a leitura”.

A Ministra da Educação terminou a sua intervenção apelando para a participação de todas as escolas no próximo desafio do Público na Escola que terá como tema “O que é uma República”, tendo em conta a comemoração dos 100 anos da república portuguesa, a 5 de Outubro de 2010. “O desenvolvimento deste tema, implantação da República em Portugal, com toda a sua envolvência, de luta por determinados valores essenciais, como a luta pela liberdade, a verdade e a democracia permanece sempre actual”.

Nesta sessão de entrega dos prémios, realizada no dia 10 de Março, no Auditório Futurália, na FIL em Lisboa, a escola secundária da vila fez-se representar pelo anterior responsável pela publicação do jornal, Alfredo Oliveira; pela actual coordenadora do projecto, Alexandra Vieira; pelo aluno Luís Tiago e pelo director da escola, José Augusto Araújo.