Miguel Oliveira, investigador do Grupo 3Bs, venceu prémio europeu
Segunda-feira, Março 16, 2015

Investigador do Grupo 3Bs, natural das Caldas das Taipas, venceu importante prémio na área científica dos biomateriais, tendo sido o terceiro português, num universo de 22 cientistas, a consegui-lo

O investigador taipense Miguel Oliveira (à direita na foto), que tem desenvolvido um profícuo trabalho científico no Grupo 3B’s, laboratório da Universidade do Minho localizado no Avepark, venceu o Prémio Europeu Jean Leray 2015.

Este prémio é atribuído pela Sociedade Europeia de Biomaeriais, distinguindo e premiando os trabalhos que representam importantes desenvolvimentos científicos na área dos biomateriais. Este importante prémio foi até agora entregue a dois portugueses, sendo que um deles foi o Professor e Vice-Reitor na Universidade do Minho, Luís L. Reis, que coordena o laboratório 3B’s.

Miguel Oliveira é assim distinguido pelo trabalho que tem desenvolvido ao longo dos últimos 15 anos. As suas áreas de investigação centram-se na procura de soluções biomateriais, para aplicação nos ramos da engenharia de tecidos e medicina regenerativa, e ainda na procura de aplicações inovadoras das nanotecnologias e células estaminais.

O cientista taipense, de 38 anos, foi distinguido anteriormente, em 2005, pela Fundação Canon, venceu também o prémio Ignacio H. Larramendi. O Prémio Europeu Jean Leroy, será entregue numa cerimónia formal, numa conferência em Cracóvia, no início de Setembro.