PUB
Meias elásticas
Terça-feira, Novembro 6, 2012

As meias elásticas são um tipo de meias usadas na prevenção e tratamento de varizes, edemas ou na hipotensão ortostática (situação em que a tensão arterial da pessoa desce muito quando esta se põe de pé). Estas meias são diferentes das meias de uso comum porque fazem uma pressão maior nas pernas. Ajudam à circulação do sangue, que fica mais rápida, diminuem o inchaço, a sensação de peso, o cansaço, a comichão e reduzem a inflamação. Podem ser usadas por todas as pessoas, excepto quando têm infecções na perna, dificuldades na circulação do sangue nas artérias ou alterações da sensibilidade.

Existem vários modelos: meia até ao joelho, até à raiz da coxa e meia calça e também existem 4 graus de compressão diferentes. A parte do pé pode ser aberta ou fechada, como nas meias que se usam normalmente.

O importante é a boa colocação para que haja conforto e tenham uma função correta. Devem ser colocadas de manhã, de preferência ser a primeira ou das primeiras coisas a fazer depois de acordar. Antes de as calçar pode esperar +/- 5 minutos com as pernas ao alto e usar luvas de borracha para que as meias deslizem melhor e diminuir a probabilidade de as estragar.

A colocação começa com um bom ajuste do pé até ao calcanhar, com ajuda das “sapateiras” – meias de seda que ajudam a calçar as meias elásticas, no caso de as meias terem o pé aberto. Depois deve fazer deslizar a meia até ao joelho ou coxa, consoante o tipo de meia. Evite a formação de rugas, pregas e distribua bem a meia por toda a perna.

São necessários alguns cuidados especiais na lavagem e secagem das meias para assegurar que estão sempre em bom estado. As meias não devem ser reparadas porque deixam de ter o efeito desejado podem provocar ferida.

Algumas pessoas que tem meias elásticas e que não as usam justificam-se com o desconforto, o que em grande parte resulta da má colocação ou não esclarecimento sobre a importância do seu uso.

Se tem varizes o uso de meias diminui o risco de ter tromboflebites e tromboses venosas profundas.

Cada meia é válida durante 6 meses, o que significa que ao fim de 6 meses se a meia for usada todos os dias ou ao fim de 180 utilizações da mesma meia, esta terá de ser substituída. Podem ser adquiridas nas farmácias ou lojas de material médico/ortopédico. Aconselhe-se com o seu médico.