Mais segurança
Segunda-feira, Dezembro 6, 2004

No quadro da repavimentação da estrada que liga as Taipas à Póvoa de Lanhoso, houve um diálogo positivo e frutuoso com a entidade responsável pela conservação e daí resultou a garantia de mais passeios, prolongando os existentes.

Neste momento já não se discute se vai ou não vai haver mais passeios. O que está em discussão é o comprimento, isto é, até onde se consegue esticar a obra e, pormenor não menos relevante, se teremos passeio apenas de um dos lados ou de ambos os lados da rua.

Do ponto de vista das Taipas, quanto mais passeio melhor, para que se diminua o risco de as pessoas terem de circular sem o mínimo de segurança e de protecção.

Contudo, o que parece uma evidência de razoabilidade acima de qualquer contestação, é posto em causa no momento de introduzir uma outra variável, igualmente útil e igualmente pertinente, cuja é a de em vez de passeio de uma só lado haver passeio de um e outro lado da rua.

O ideal, quanto a nós, será dispor de passeio de ambos os lados, porque as pessoas são negligentes, facilitam e preferem muitas vezes arriscar circular pela rua do que atravessá-la e procurar no passeio a segurança que a rua não dá.

Obviamente que entre o ideal e o possível há uma distância, distância do custo e a capacidade de convencimento do Instituto de Estradas de Portugal, a entidade que paga a obra.

Uma coisa podemos dizer: por nós tudo faremos para que em breve haja passeios na Lameira. Se possível dos dois lados da rua.