PUB
Magalhães recusa-se a entrar em polémica
Quinta-feira, Maio 7, 2009

Na reunião do executivo do município de Guimarães, Carlos Vasconcelos questionou o presidente sobre a prática de receber candidatos a presidente de junta em período pré-eleitoral. António Magalhães disse ter conhecimento do processo do Lar de Idosos não através de Ricardo Costa mas sim pelo Centro Social.

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães colocou-se à margem da discussão em torno da criação de um Lar de Idosos apresentado pela candidatura de Ricardo Costa. António Magalhães respondendo a uma questão colocada pelo vereador Carlos Vasconcelos, do PSD, disse nunca ter reunido com o candidato socialista à autarquia taipense.

O vereador do PSD levantou a questão no período antes da ordem do dia durante a reunião de vereadores de 7 de Maio, confrontando o presidente da Câmara com a situação de saber se seria prática comum reunir com candidatos a presidentes de junta. Em resposta, António Magalhães negou alguma vez ter recebido Ricardo Costa a este respeito.

Confirmou, ao invés, que tem conhecimento do processo através do Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa, que se candidatou, juntamente com outros sete projectos no concelho, à construção de um Lar de Idosos.

No final da reunião, Carlos Vasconcelos dirigiu palavras duras à candidatura socialista taipense: “o candidato do PS à Junta de Caldelas pela segunda vez mentiu à população, na medida em que fez distribuir um panfleto em que diz que a sua candidatura conseguiu criar as condições para a existência de um Lar de Idosos. O senhor presidente foi muito claro dizendo que não teve nenhum contacto com o senhor candidato” – referiu o vereador aos jornalistas.

Artigos Relacionados