PUB
Linda Martini de fora, entram os Green Machine
Quarta-feira, Junho 14, 2006

Numa alteração de última hora, o cartaz do Rock in Taipas viu saltar uma das bandas em que se depositavam mais expectativas – os Linda Martini. Em seu lugar tocarão os Green Machine que poderão ser uma boa surpresa…

O cartaz do Rock in Taipas sofreu, durante a última semana, uma alteração numa das bandas que merecia algum destaque: os Linda Martini não estarão no palco na noite de sábado. Em sua substituição estarão os Green Machine – banda de punk-garage, que foram considerados uma das bandas revelação do ano de 2005 pela Rádio Universitária do Minho.

Quanto à desistência dos Linda Martini, a justificação prende-se com uma alegada impossibilidade de dois membros da banda em estarem presentes no próximo sábado. Esta justificação não terá agradado à organização do festival, já que o “cartaz fechado” estava a ser anunciado desde 19 de Maio – tendo os Linda Martini sido dos primeiros nomes a serem anunciados.

De acordo com Rui Bandeira – manager da banda – em mensagem publicada no blog do Rock in Taipas, adverte que nos contactos com a banda sempre foi colocada a hipótese de impossibilidade de a banda comparecer: “a pessoa que nos contactou/contratou para o Rock In Taipas foi sempre avisada dos possíveis problemas profissionais da banda para esse dia. No entanto, a banda esforçou-se para que essa barreira fosse ultrapassada, no entanto, sem resultado” – refere o manager dos Linda Martini.

Assim, pelo palco do Rock in Taipas de 2006, passarão os senhores que se seguem.

The Scoundrels (Next Door)
The Scoundrels (next door), será a primeira banda a subir ao palco. São das Taipas, já se chamaram Lizard King e têm ainda fresco o registo que a banda gravou na sua própria sala de ensaios – uma produção da banda, juntamente com Rui “Caps”. Os Scoundrels apresentam um rock musculado, com fortes influências do punk-rock britânico.

Mantra
Também das Taipas, os Mantra contam com largo currículo de concertos. Formaram-se em 2004, das reminiscências de outros projectos. Utilizam uma forte componente funk na sua música. Têm gravado Believe in You, que inclui temas como Silk Slide ou Mysterious Felling of Warmth. Um som que mistura a gravidade de uma secção rítmica bastante marcada (típica do funk) com a delicadeza da voz feminina.

Blindman’s Buff
Blindman’s Buff serão a primeira incursão do festival por projectos oriundos de fora das Taipas, mais precisamente de Lisboa. A formação remonta a 1995 e têm já alguns registos gravados, quer em colectâneas, quer em nome próprio, com destaque para o disco homónimo que gravaram para a editora Garagem e para o EP gravado o ano passado. O som da banda utiliza o poder de guitarras, resultando em melodias simples mas irreverentes. Os Blindman’s Buff estiveram na primeira edição do Rock in Taipas.

Hiena
Ponto quatro na ordem de trabalhos – os Hiena. Grupo onde pontificam elementos dos Zen, dos Blind Zero e da banda que acompanha Jorge Palma. Os Hiena têm gravado uma demo com oito temas que têm promovido através de uma digressão nacional.

The Vicious Five
Cabeças de cartaz para a primeira noite, os Vicious Five. São apontados como “a mais excitante nova banda portuguesa” pelo caderno Y, do jornal Público. Centrarão a sua prestação em temas do álbum de estreia Up On The Walls. Apresentam-se como agitadores de uma “revolução sem causas à boa maneira pós-moderna”. Movem-se num triangulo rock-hardcore-punk.

Delta Works
A noite de sábado abrirá novamente com uma banda das Taipas. Desta feita, os Delta Works – banda de génese recente que se estreou na mostra de bandas organizado pelo Movimento Artístico das Taipas, em Abril. A banda move-se entre o rock progressivo e um pós-rock, com recurso a guitarras e envolventes e, por vezes, ambiências electrónicas.

Veados Com Fome
Os Veados Com Fome, que substituíram os d3ö, são um trio de power rock, com duas guitarras e uma bateria. As suas músicas com títulos sui generis (Sandes, Paquito, Bufardo) prometem incendiar as hostes. Têm em preparação a gravação do primeiro álbum, mas algumas das produções já podem ser conferidas no site da banda em www.veadoscomfome.tk.

Smartini
Ao palco do Rock in Taipas subirá novamente uma banda das Taipas – os Smartini, que no último ano deram definitivamente o salto para outras paragens. A banda empenhou-se numa extensa digressão nacional, com críticas bastante positivas. A banda promete juntar ao habitual reportório alguns temas novos que têm trabalhado recentemente.

Green Machine
Considerada uma das bandas revelação de 2005 pela Rádio Universitária do Minho, os Green Machine, têm para edição apontada para este mês um EP com sete músicas: Themes for the Hidebounds. O som da banda é herdeiro de uma vertente post-punk/garage, também com algumas influências blues – ouça-se Paris de França.

X WifeO Rock in Taipas 2006 encerra com os X-Wife. Side Efects é o último disco, depois de Feeding The Machine (2004) e Ping Pong é o tema a rodar na rádio. Já partilharam palcos com LCD Soundsystem, Soulwax e Liars. O som dos X-Wife tem a particularidade de recorrer aos mais variados gadjet’s electrónicos para produzir um som poderoso que recupera sonoridades típicas dos anos 80. Um final em beleza…

Texto: Paulo Dumas

Artigos Relacionados