PUB
Lar de Idosos pode estar a gerar “conto do vigário”
Quarta-feira, Outubro 7, 2009

O alerta chegou ao Reflexo por intermédio de Cândido Capela Dias que, depois de contactos com a população efectuados no passado fim-de-semana, entendeu dar conta da situação.

O candidato pela CDU às próximas eleições autárquicas à freguesia de Caldelas efectuou, com a sua equipa, no passado fim-de-semana, os habituais contactos com a população em tempo de campanha eleitoral.

Contudo, algumas das abordagens, como nos referiu, deixou-o perplexo e preocupado dado que lhe foram relatadas aquilo que podem ser reais tentativas de extorsão de dinheiro a pessoas idosas, e não só, com o argumento de se tratar de um montante de entrada e/ou jóia para assegurar lugar no novo Lar de Idosos. Segundo Capela Dias, “algumas pessoas mostraram desejo de entregar o pecúlio de toda uma vida de trabalho e canseiras, entregar o pé-de-meia”, com o argumento de que “os lugares são poucos”.

Ao que nos relatou, o candidato da CDU tentou sossegar e tranquilizar as pessoas que lhe colocaram tais questões, garantindo-lhes, ao mesmo tempo, que “não há Lar nenhum, não se sabe se vai haver e se houver não é tão cedo pelo que, de qualquer maneira não devem cair no conto do vigário”.

Texto: Manuel António Silva

Artigos Relacionados