PUB
Juventude Comunista de Guimarães reforça posição pelo SIM
Terça-feira, Janeiro 30, 2007

Em conferência de imprensa realizada esta manhã na sede do Partido Comunista Português, em Guimarães, Carlos Veloso, responsável pela organização da Juventude Comunista (JCP) de Guimarães, reafirmou a posição daquela estrutura a favor do “Sim” no referendo da Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG) a realizar no próximo dia 11 de Fevereiro. A JCP de Guimarães […]

Em conferência de imprensa realizada esta manhã na sede do Partido Comunista Português, em Guimarães, Carlos Veloso, responsável pela organização da Juventude Comunista (JCP) de Guimarães, reafirmou a posição daquela estrutura a favor do “Sim” no referendo da Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG) a realizar no próximo dia 11 de Fevereiro.

A JCP de Guimarães entende ainda que o referendo não devia sequer realizar-se. Para os jovens comunistas, a Lei deveria ser alterada na Assembleia da República, por entenderem existir condições favoráveis a que tal acontecesse uma vez que, a grande maioria das forças politicas aí representadas, assumem claramente uma posição pelo “Sim”.

Entendem que a actual lei tem de ser alterada para que as mulheres deixem de ser punidas pela prática do aborto. Na opinião destes jovens, a actual lei não previne o aborto. Antes, empurra as mulheres para o circuito clandestino.

Nesse sentido e para fazer passar a sua mensagem, a JCP de Guimarães vai levar a cabo algumas acções de campanha que passarão por visitas a empresas, universidade, Escolas Secundárias, Bancas de Rua e pelo apoio necessário ao Movimento de Guimarães pelo SIM.

Texto: Manuel António Silva

Artigos Relacionados