PUB
Jacco Gardner de passagem por Guimarães para mostrar “Hypnophobia”
Quinta-feira, Janeiro 21, 2016

Multi-instrumentista holandês passa por Guimarães, num concerto único em Portugal, para mostrar o segundo álbum, descrito como “uma exibição estonteante de luxúria instrumental, psicadelismo puro que rasga o ar”.

O músico holandês Jacco Gardner actua este sábado, 23, no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor. O concerto está integrado numa digressão pela Península Ibérica, sendo que este será o único concerto em Portugal.

Gardner anda a promover o seu segundo disco Hypnophobia depois do primeiro, Cabinet of Curiosities, de 2013, ter sido bem recebido. Em Hypnophobia, segundo o seu autor, é refletido o estádio dormente da mente, entre o sono e o medo de cair num sono profundo.

“Hypnophobia vem de um lugar onde os medos, a escuridão e a criatividade colidem, como um assustador sonho lúcido. Temer a perda de controlo, definitivamente, tem um papel importante aqui” – explica o músico.

Jacco Gardner, multi-instrumentista, mune-se de utensílios antigos, que constroem uma cápsula do tempo que serve de veículo para os finais de 60s e início da década seguinte.

Mas desengane-se quem pensa que esta é mais uma revisitação do psicadelismo épico, que tem sido recorrente nos últimos anos. Gardner acrescenta-lhe uma camada contemporânea, que confere às suas composições um toque distintivo obrigatório.

O site Consequence of Sound diz que Hypnophobia se ouve de forma prazerosa, quase sem se dar por ele, como uma brisa quente numa tarde de Primavera. O concerto está marcado para as 24 horas de sábado e os bilhetes estão à venda por 3 euros.

Foto Shawn Brackbill