PUB
Iniciativas CEC até Domingo
Quinta-feira, Agosto 16, 2012

Conheça a oferta cultural que a Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura lhe oferece até ao próximo Domingo.

Teatro de Marionetas: Adormecida

17 a 19 de Agosto (sexta-feira a domingo) às 21h30, sexta-feira; 17h00 e 21h30, sábado; 11h00 e 17h00, domingo noLargo Cónego José Maria Gomes

Fiar, tecer, cortar. A ladainha na construção de um fio, um fio como trajecto que separa o novelo do tecido, metáfora simbólica. Nascer, fazer nascer, desenhar linhas entre a roca e o fuso, entre o bater do tear.

Fiandeiras que pelas mãos se constroem, se reinventam, fios suspensos de uma acção contínua, na construção em muitas mãos. Adormecidas, suspensas, aguardam, numa dimensão reinventada de si mesmas, sem espaço nem tempo. Perdidas no não lugar, ou no lugar de nenhures, tecem sem fim, tecem sem parar.

 

Apresentação: Uma Parte de Mim é Todo um Mundo #1 e #2

17 de Agosto (sexta-feira) às 19h00 na Fábrica ASA

Apresentação work in progress do trabalho desenvolvido na residência artística Sweet & Tender Collaborations, coordenada por Marianne Baillot entre 1 e 26 de Agosto. Com este projecto pretende-se dar continuidade a um processo criativo que resulta de dois solos concebidos e interpretados por Elizabete Francisca e Teresa Silva.

 

Música: Avondano Ensemble

17 de Agosto (sexta-feira) pelas 21h30 no Paço dos Duques de Bragança

O concerto reúne excelentes exemplos do fulgor e da intensidade da escrita instrumental de finais do século XVIII. Nos trios de Pedro António Avondano, recentemente registados em CD por este agrupamento, é evidente o elevado nível de virtuosismo exigido aos instrumentistas.

 

Música: Septeto

18 de Agosto (sábado) às 21h00 no Parque de Lazer de Selho São Cristóvão

O projecto Fora de Portas pretende descentralizar a música durante 2012, levando-a às 69 freguesias do concelho de Guimarães. Através das diferentes formações de câmara da Fundação Orquestra Estúdio, a música será ouvida em locais de convívio e reunião da comunidade.

 

Música: Fred Martins e Ugia Pedreira

18 de Agosto (sábado) às 22h00 na Fábrica ASA

Trata-se da apresentação de “Acrobata”, o novo trabalho discográfico de Ugia Pedreira e Fred Martins. Os compositores dão a conhecer o resultado de uma parceria artística natural, fruto de um encontro entre os dois artistas no Rio de Janeiro.

 

Música: Divino Sospiro

18 de Agosto (sábado) às 21h30 no Paço dos Duques de Bragança

O programa de Divino Sospiro assume-se como a prova de um verdadeiro desposório musical entre Portugal e Itália, na era do grande barroco: um cordão que reúne em concerto músicos italianos, italianos imigrados em Portugal e portugueses italianizados.

 

Pop Up: Mercado Urbano de Couros

18 de Agosto (sábado) das 14h30 às 18h30 na Zona de Couros

Repetindo a 1ª edição, que decorreu a 30 de Junho, habitantes e visitantes são convidados a passar por Couros e espreitar os artigos em exposição, sejam eles artesanato urbano ou roupas vintage. Peças em primeira e segunda mão, numa mostra de artigos únicos.

 

Música: 5 Concertos de Fim de Tarde – The Partisan Seed

18 de Agosto (sábado) às 19h00 na Zona de Couros

SpiritWalking, o último capítulo de uma trilogia iniciada em 2006 com Visions Of Solitary Branches e continuada em 2008 com Indian Summer, confirmou Filipe Miranda como um escritor de canções a ter em conta a cada momento. Ao vivo, The Partisan Seed transforma-se para atingir níveis elevados de intensidade.

 

Vídeo Instalação: Batuta – Bando de Pios

19 de Agosto (domingo) às 17h00 na Fábrica ASA

Esta vídeo instalação é o resultado de uma residência artística que decorre de 13 a 19 Agosto. Corresponde a um projecto de criação que envolve a comunidade local na construção de objectos audiovisuais, como exercício para o desenvolvimento do sentido crítico.

 

Música: European Wind Quintet

19 de Agosto (domingo) às 21h00 na Sala dos Espaços Criativos – Freguesia de Brito

O projecto Fora de Portas pretende descentralizar a música durante 2012, levando-a às 69 freguesias do concelho de Guimarães. Através das diferentes formações de câmara da Fundação Orquestra Estúdio, a música será ouvida em locais de convívio e reunião da comunidade.

Artigos Relacionados

Iniciativas CEC até Domingo
Terça-feira, Julho 17, 2012

Conheça a oferta cultural que a Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura lhe oferece até ao próximo Domingo

Workshop: Walking the Sky

17 e 18 de Julho (terça-feira e quarta-feira) das 14h30 às 18h00 no Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura

Uma oficina que pretende transmitir os conhecimentos necessários para a criação de fotografias, através do uso de papagaios e balões que serão levados para os céus de Guimarães, proporcionando, para além de um espectáculo, a recolha de dados cartográficos e imagens aéreas.

 

Música: Les Amis du Chant

17 de Julho (terça-feira) às 21h30 na Igreja de S. Francisco

Trata-se de um concerto de música coral, do conjunto vocal Les Amis du Chant, cuja história remonta ao início dos anos 70, quando um grupo de amigos se passou a encontrar regularmente.

 

Conferência: Mapeamento das Cidades

18 de Julho (quarta-feira) pelas 19h00 no Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura

James Bridle apresenta alguns dos resultados das oficinas “Walking the Streets” e “Walking the Sky”, abordando, também, os princípios do mapeamento, bem como, a importância do controlo deste tipo de dados.

 

Ciclo Master Pieces: Fundação Orquestra Estúdio com Joana Carneiro e Natalie Clein

18 de Julho (quarta-feira) às 22h00 no Centro Cultural Vila Flor

A Fundação Orquestra Estúdio, sob a direcção da maestrina Joana Carneiro, convida a violoncelista Natalie Clein para um dos concertos para violoncelo preferidos do público: o Concerto de Saint-Saëns. A segunda parte visita as sonoridades monumentais e exaltadas da 5ª Sinfonia de Shostakovich.

 

Inauguração: Exposição Fotográfica Sobre a Indústria com o Visionamento do Filme Recursos Humanos

19 de Julho (quinta-feira) às 22h00 nos Claustros do Paço dos Duques de Bragança

Inauguração da exposição fotográfica sobre a indústria, bem como o visionamento do filme Recursos Humanos, de Laurent Cantet. Este evento acontece no âmbito do lançamento do livro "Quando eu nasci aquela fábrica já ali estava: memórias, vivências e opiniões sobre o trabalho na indústria em Guimarães".

 

Escrita: História do Futuro

19 a 21 de Julho (quinta-feira a sábado) das 14h30 às 17h00 no Palácio Vila Flor

Nos dias 2, 3, 4, 19, 20 e 21 de Julho, um grupo de jovens vimaranenses integram escrevem a sua perspectiva pessoal a respeito do futuro, com o objectivo de editar em conjunto com jovens eslovenos uma obra final “Uma História do Futuro – Jovens de Maribor e Guimarães imaginam o porvir”. Moisés de Lemos Martins e Adolfo Luxúria Canibal serão também convidados a colaborar nesta fase final de encontro entre os conteúdos e as palavras que os servem

 

Performance: Fio Terra

19 e 20 de Julho (quinta-feira e sexta-feira) às 22h00 na Fábrica ASA – Caixa Negra

“Fio Terra” é uma viagem pelo universo das lendas e tradições, trajes e histórias de Guimarães. Com direcção artística de Joana Antunes, a peça resulta de uma co-produção entre a Capital Europeia da Cultura e a companhia Asas de Palco.

 

Dança: C.C. – Cela Corbusier

20 e 21 de Julho (sexta-feira e sábado) pelas 22h00 no Auditório Nobre da Universidade do Minho

Mais do que respostas, neste trabalho, interessam as questões, as duvidas. Não numa linha narrativa, e com o apoio dos texto de Antonin Artaud, pretende-se reforçar o carácter onírico, surreal e esquizofrénico da desmultiplicação do individuo, construir uma linha onde a intensidade module em picos desnivelados como num gráfico onde o diagnóstico só poderia ser fatal, atípico, excepcional.

 

Concerto: Dee Dee Bridgewater

20 de Julho (sexta-feira) às 22h00 na Plataforma das Artes

Dee Dee Bridgewater leva à nova estrutura de Guimarães 2012 as sonoridades jazz. A cantora iniciou a sua carreira como vocalista da Thad Jones-Mel Lewis Jazz Orchestra e atuou com grandes nomes do Jazz, como Sonny Rollins, Dizzy Gillespie, Dexter Gordon e Max Roach.

 

Lançamento: Livro "Quando eu nasci aquela fábrica já ali estava"

20 de Julho (sexta-feira) às 19h00 no Paço dos Duques de Bragança

Sessão de lançamento do livro "Quando eu nasci aquela fábrica já ali estava: memórias, vivências e opiniões sobre o trabalho na indústria em Guimarães" da autoria de Luíza Cortesão (Org.), Clara Vieira e Maria da Luz Sampaio. Conta com a presença de José Pacheco Pereira.

 

Inauguração: Intervenções “Memórias Colectivas Singulares”

20 de Julho (sexta-feira) a partir das 22h00 no Círculo Arte e Recreio e Associação Convívio

A iniciativa “Memórias Colectivas Singulares” inaugura as intervenções artísticas de José Almeida Pereira e de João Marçal, no Círculo de Arte e Recreio (CAR) e na Associação Convívio. Os dois artistas integram, assim, a lista de nove criadores convidados para o projecto “Memórias Colectivas Singulares”.

 

Instalação: Vi-Ela Sentada

20 de Julho (sexta-feira) das 10h00 às 19h00 na Rua Dr. Avelino Germano

Uma instalação e intervenção sonora site specific sobre um quarteirão da cidade de Guimarães, com o recurso a uma instalação de ambientes sonoros, oriundos de uma documentação digitalizada conseguida entre entrevistas e conversas com a população local.

 

Teatro de Marionetas: Adormecida

20 a 22 de Julho (sexta-feira e domingo) às 21h30, sexta-feira; às 17h00 e às 21h30, sábado; às 11h00 e às 17h00, domingo no Largo Cónego José Maria Gomes

Uma produção do Teatro e Marionetas de Mandrágora e criação de Filipa Mesquita. A peça trata das fiandeiras que pelas mãos se constroem, se reinventam, fios suspensos de uma acção contínua, na construção em muitas mãos. Adormecidas, suspensas, aguardam, numa dimensão reinventada de si mesmas, sem espaço nem tempo.

 

Música: O Cinema em Concerto pela Banda Musical de Pevidém

20 de Julho (sexta-feira) às 21h30 no Centro Paroquial das Taipas

A Banda Musical de Pevidém leva ao Centro Pastoral das Taipas uma actuação que contempla alguns dos temas musicais que marcaram o cinema internacional. No programa do espectáculo constam os temas de filmes como: “2001 Odisseia no Espaço” ; “O Feiticeiro de Oz”; “Casablanca”; “A Golpada” ; “O Fabuloso destino de Amélie”; “Cinema Paraíso”; “The Pink Panther”; “A Canção de Lisboa” ; “O Grande Ditador”; “Tempos Modernos”.

 

Música: Ensemble Mediterrain

20 de Julho (sexta-feira) às 21h30 no Paço dos Duques de Bragança

No recital que traz a Guimarães 2012, o Ensemble Mediterrain apresenta obras para Trio de Violino, Violoncelo e Piano de Vianna da Motta, numa edição do próprio violoncelista Bruno Borralhinho a partir do manuscrito incompleto do compositor, Gaspar Cassadó, Bela Bartók e Dmitri Schostakovich.

 

Música: Federica Iannella

20 de Julho (sexta-feira) às 21h30 na Igreja Santo António dos Capuchos

Federica Iannella, organista italiana, apresenta um brilhante curriculum, especialmente dedicado à música antiga e à tradição organística italiana. Este concerto conta com obras de Marcello, Provesi e Morandi, que identificam o típico tratamento do órgão sinfónico da tradição italiana, para além de páginas de autores ibéricos e alemães.

 

Concerto: Pat Metheny Unity Band

21 de Julho (sábado) pelas 22h00 na Plataforma das Artes

Pat Metheny – vencedor de inúmeros concursos de Melhor Guitarrista de Jazz, três discos de ouro e 18 Grammies – é um dos mais aclamados músicos de Jazz da actualidade, fruto da sua versatilidade e originalidade.

 

Mostra: Exposição de Projectos de Arte Digital

21 e 22 de Julho (sábado e domingo) das 10h00 às 18h00 na Rua de Camões; Largo 25 de Abril; Largo do Toural; Plataforma das Artes; outros locais da cidade.

Exposição de Arte Digital é constituída por projectos que foram desenvolvidos no Laboratório Aberto, que ocorreu entre Outubro de 2011 e Julho de 2012, e estará presente em diversos espaços do centro de Guimarães. Tem como objectivo uma maior aproximação à comunidade, atraindo-a a participar nas diversas actividades do Laboratório de Criação Digital (LCD).

 

Dança: Solo a Ciegas (Com Lágrimas Azules)

21 de Julho (sábado) às 22h00 no Centro Cultural Vila Flor

Através de imagens como uma figura enigmática de corpo nu e máscara de animal, a peça trata o consciente e o inconsciente, o controlo e o descontrolo, a fuga do real na atracção pelo desconhecido. Dois mundos há muito estão presentes na obra de Olga Mesa. Nesta obra em particular, essa prática pode ser vista como uma forma de poesia visual. Trata-se de um espectáculo onde as sombras de espectros e formas indefinidas imperam, sem dar lugar à nitidez.

 

Video: VideoGang – Megaforce

21 de Julho (sábado) pelas 21h30 no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor

Os criadores do último vieoclipe da Madonna vêm a Guimarães apresentar uma retrospectiva dos seus vídeos que tem gerado fenómeno na internet e prémios nos mais prestigiados concursos do sector. Na linha de um Michel Gondry, este colectivo francês tem vindo a granjear reconhecimento pela criatividade e humor que os seus vídeos apresentam.

 

Música: Quarteto de Violencelos

21 de Julho (sábado) às 21h30 no Centro Social de Souto Santa Maria

 

Música: Elefantes em Guimarães

21 de Julho (sábado) às 20h00 na Igreja de São Martinho de Sande

 

Música: Quarteto Cordas 1

22 de Julho (domingo) às 17h00 no Museu da Cultura Castreja

 

Música: Metal CEC Studio Band

22 de Julho (domingo) às 21h00 no Campo de Jogos da Freguesia de Aldão

Iniciativas inseridas no projecto Fora de Portas que pretende descentralizar a música durante 2012, levando-a às 69 freguesias do concelho de Guimarães. Através das diferentes formações de câmara da Fundação Orquestra Estúdio, a música será ouvida em locais de convívio e reunião da comunidade.

 

Música: “Legado Ibérico de Haydn” Quarteto Arabesco

22 de Julho (domingo) às 19h00 no Paço dos Duques de Bragança

Joseph Haydn (Alemanha, 1732 – 1809) foi o compositor mais célebre e influente da Europa do século XVIII. É considerado o pai do quarteto de cordas, para muitos a formação suprema da música de câmara. Apresenta-se um programa em torno de seus contemporâneos ibéricos que exploraram esta inovadora formação musical.

 

Música: Duo Augusto Pacheco e Ana Barros

22 de Julho (domingo) às 16h00 na Sociedade Martins Sarmento

O Duo apresenta neste recital, um programa que privilegia a música de autores Portugueses. Entre as obras que o compõem, além de Lopes-Graça, serão interpretadas duas estreias absolutas dos Compositores Fernando C. Lapa e Hugo Correia. Serão também revisitados os Espanhóis J. Rodrigo e Ruiz-Pipó, não esquecendo o Rei do Tango Argentino A. Piazzolla, com uma das mais representativas obras para esta formação.

 

Artigos Relacionados