Iniciativas CEC até 21 de Outubro
Terça-feira, Outubro 16, 2012

Fique a conhecer todas as iniciativas a realizar no âmbito da Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, para esta semana.

Cinema: Conversas sobre Arquitectura e Cinema

“Siza Vieira – O Arquitecto e a Cidade Velha” – 15 de Outubro (segunda-feira), às 21h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura;

“Reconversão” – 16 de Outubro (Terça-feira) às 21h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura;

“Niemeyer – A Vida é um Sopro” – 17 de Outubro (quarta-feira), às 21h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura;

“Rem Koolhaas – Uma Espécie de Arquitecto” – 18 de Outubro (quinta-feira) às 21h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura;

“Nuno Teotónio Pereira – Um Homem na Cidade” – 19 de Outubro (sexta-feira) às 21h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura;

“Esboços de Frank Gehry” – 20 de Outubro (sábado) às 21h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura.

O Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura acolhe um ciclo de apresentação de filmes onde a sétima arte se une à arquitectura. Trata-se de uma mostra de obras construídas em torno de figuras emblemáticas ou temas históricos do mundo da aquitectura.

 

Lançamento do Livro: “Oh Mãe, deia-nos pão”

17 de Outubro (quarta-feira) pelas 21h30 no Auditório da Fraterna

A obra resulta de uma investigação do Instituto Paulo Freire de Portugal, trata-se da segunda obra de uma colecção de cinco volumes que retrata diferentes faces da vida quotidiana da cidade berço. Esta obra aborda a pobreza, além dos relatos de memórias, focando a violência de viver actualmente em condições que não compatíveis com a dignidade humana.

 

Teatro: Catabrisa

17 a 20 de Outubro (quarta-feira a sábado) às 15h00, dia 17; 10h00 e 15h00, dias 18 e 19; 11h00 e 16h00, dia 20 no Centro Cultural Vila Flor

A partir do livro Catavento (Eterogémeas, 2010) Gémeo Luís, Joana Providência e Eugénio Roda criam um espectáculo que se desenha sobre um jogo coreográfico entre o texto, a ilustração, a luz e a sombra.

 

Música: Fundação Orquestra Estúdio, Rui Massena e António Oliveira

17 de Outubro (quarta-feira) a partir das 22h00 no Cento Cultural Vila Flor

A Fundação Orquestra Estúdio, dirigida pelo maestro Rui Massena , protagoniza concerto do ciclo Master Pieces. O espectáculo apresenta em estreia mundial a obra "Ouvertures and Closures", encomendada a António Pinho Vargas.

 

Cinema: Festival Ver e Fazer Filmes

O Menino Maluquinho – 18 de Outubro (quinta-feira) pelas 10h00 na Plataforma das Artes e Criatividade;

Sessão de documentários – 18 de Outubro (quinta-feira) às 15h00 na Plataforma das Artes e Criatividade;

Sessão de curtas – 19 de Outubro (sexta-feira), às 10h00 na Plataforma das Artes e Criatividade;

Trampolim do Forte – 19 de Outubro (sexta-feira) às 15h00 na Plataforma das Artes e Criatividade;

O Rocha que Voa – 20 de Outubro (sábado) pelas 21h30 na Plataforma das Artes e Criatividade;

Meu Pé Laranja Lima – 21 de Outubro (domingo) às 21h30 no CAE São Mamede.

A Plataforma das Artes recebe, neste dia, uma sessão de documentários realizados no âmbito do II Festival Ver e Fazer Filmes. A partir das 15h00 serão exibidos: A Espera do Quintal, Escrito nas Telhas, Tempo de Criança, Cicatrizes e Contracorrente.

 

Música: Sessão com equipa artística do espectáculo de comunidade

18 de Outubro (quinta-feira) das 21h00 às 23h00 na Casa do Povo de Fermentões

Nesta sessão, os grupos de Fermentões e Abação, imigrantes e outros da periferia de Guimarães, trabalham com a equipa artística momento do espectáculo final de comunidade com o título “Então ficamos”, que acontece a 22 de Dezembro, no Pavilhão Multiusos.

 

Workshop: Aula prática de El Wire

18 de Outubro (quinta-feira) das 20h00 às 24h00 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura

Nesta aula, será demonstrado o funcionamento do El Wire e serão testadas diferentes aplicações pelos participantes. O El Wire (abreviação de fio eletroluminescente) é um material inteligente, que brilha intensamente, quando uma corrente elétrica passa por si.

 

Teatro: Na Hora Errada

18 e 19 de Outubro (quinta-feira e sexta-feira), às 22h00 na Fábrica ASA

Peça de teatro, baseada no texto de Marta Freitas e com encenação de Ana Luena, que retrata casos de polícia arquivados e casos de pessoas que nasceram na altura errada. Uma comédia trágica sobre os limites do desespero humano, onde o impensável acontece.

 

Intervenções: José Emílio Barbosa, Marco Mendes e Jorge Fernandes.

19 de Outubro (sexta-feira) às 22h00 e 23h00 na Associação Convívio, Círculo de Arte e Recreio

O projecto Memórias Colectivas Singulares apresenta as intervenções artísticas desenvolvidas, em residência, por José Emílio Barbosa, Marco Mendes e Jorge Fernandes.

 

Música: Emanuel Salvador e Luísa Tender

19 de Outubro (sexta-feira) às 21h30 na Sociedade Martins Sarmento

A Sociedade Martins Sarmento recebe um recital de violino e piano, levado a cabo por Emanuel Salvador (violino) e Luísa Tender (piano), que apresenta obras dedicadas a cordas de compositores de renome, como Beethoven e Kreisler.

 

Workshop: Programação criativa Android

20 de Outubro (sábado) das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 18h30 no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura

O objectivo é familiarizar os participantes com este sistema operativo, permitindo uma experiência com as possibilidades criativas do uso de plataformas móveis, através da ferramenta de programação criativa Processing.

 

Música: Oficina de Marcelo González + Oscar Fernández e Carlos Quintá

20 de Outubro (sábado), às 17h00, oficina e às 22h00, concerto na Fábrica ASA

Oscar Fernández e Carlos Quintá reúnem dois instrumentos, tocados em duo e que eram desconhecidos na música tradicional galega: a zanfona e o acordeão diatónico. O espectáculo é complementado com uma oficina de baile galego a cargo de Marcelo González. A oficina terá início antes do concerto e será para um máximo de 16 bailarinos

 

Música: Ana Barros e Isabel Sá

20 de Outubro (sábado) às 19h00 na Sociedade Martins Sarmento

Guimarães 2012 recebe a soprano Ana Barros que, acompanhada pela pianista Isabel Sá, propõe uma viagem pelas composições de autores checos, russos, terminando com obras do português José Vianna da Motta.

 

Teatro: Mediatron

20 de Outubro (sábado) às 22h00 no Centro Cultural Vila Flor

A partir da palavra media (ou média) e da palavra theatron (ou teatro), o encenador Carlos Pessoa construiu a peça de teatro “Mediatron” – um espectáculo de encontros, de desencontros, onde se promove a convivialidade entre atores, não atores, personagens, pessoas, lugares e imagens, numa simbiose, que se propõe lúcida, crítica, sem deixar de ser Arte. Trata-se de uma co-produção de Guimarães 2012 e o Teatro Garagem.

 

Inauguração: Reakt

20 de Outubro (sábado) às 16h00 no Instituto de Design de Guimarães

Reakt – Olhares e Processos é um projecto do ciclo Modos de Produção da programação de Arte e Arquitectura. Neste âmbito, diversos artistas foram convidados a focalizarem os seus processos sobre áreas específicas do concelho de Guimarães. A exposição disposta por diferentes locais do centro histórico da cidade estará patente até 16 de Dezembro.

 

Inauguração: Michelangelo Pistoletto

21 de Outubro (domingo) às 11h00 na Horta Pedagógica

Trata-se de um projecto onde a comunidade local e internacional terá a oportunidade de conhecer o pensamento e a produção artística de Michelangelo Pistoletto. O processo divide-se em três momentos: criação de uma instalação de arte pública na cidade de Guimarães; exposição da obra de Pistoletto da série Love Difference em sete espaços da cidade; conferência ‘Being Singular Plural’ contando com a exposição conjunta de todas as mesas da série Love Difference na Fábrica ASA a 8 de Dezembro de 2012.

 

Música: Nightclub – Triart

21 de Outubro (domingo) às 21h00 na Sociedade Martins Sarmento

Com comentários do percussionista e compositor francês Jean-François Lézé, o programa apresentado pelo TriArt cativa o público pela sua variedade de estilos e linguagens.

Artigos Relacionados