PUB
Inaugurada Unidade Operacional eGov da Universidade das Nações Unidas
Sexta-feira, Abril 24, 2015

Poiares Maduro, ministro-adjunto para o Desenvolvimento Regional, David Malone, reitor da Universidade das Nações Unidas, António Cunha, reitor da UM e Domingos Bragança, presidente da autarquia de Guimarães presentes na cerimónia.

Durante a cerimónia protocolar de inauguração da Unidade Operacional em Governação Eletrónica da Universidade das Nações Unidas (UNU-EGOV), no dia 24 de Abril, Poiares Maduro destacou a importância do mundo digital na redução de custos de funcionamento da administração pública, aposta “que permitirá dar uma resposta, de melhor qualidade, às solicitações da sociedade, que esteja ao serviço dos cidadãos e que tenha o cidadão no centro desta matéria”.

O ministro-adjunto para o Desenvolvimento Regional defende que é na área da governação eletrónica que se desenrola a reforma mais importante do estado: “O polo agora inaugurado poderá dar uma resposta decisiva, pois vamos ter um centro de excelência, com massa crítica e que irá gerar projetos que serão aplicados na administração pública”. Para isso espera que a cooperação entre a UMinho, a Agência de Modernização Administrativa (AMA) e a unidade de egovernment resulte na criação de “um cluster internacional da governação eletrónica e líder global desta matéria”.

Domingos Bragança destacou, na sua intervenção, o trabalho em parceria com a UMinho que tem sido feito nas últimas décadas, com os resultados conhecidos. Naturalmente, destacou a colaboração na concretização desta Unidade Operacional em Governação Eletrónica da Universidade das Nações Unidas, que contou, como referiu, com a colaboração direta do governo. Esta Unidade é uma das 12 que estão em funcionamento a nível mundial e o presidente da Câmara espera que promova o desenvolvimento de “modelos de políticas públicas no âmbito da boa governação eletrónica, para serem aplicados e adotados por organizações públicas mundiais”.

António Cunha mostrou a sua confiança no futuro deste projeto que terá de apostar “em trazer mais parceiros”, reforçando a ideia da criação nesta região de “um cluster na área da modernização administrativa e na governação eletrónica”.

Defendendo uma alteração do paradigma dominante na Europa em relação à governação eletrónica, David Malone destacou o edifício onde está instalada a unidade operacional onde se concilia a modernidade com a história.

De referir que neste edifício situado na zona de Couros foi igualmente inaugurada a Unidade Operacional da Agência de Modernização Administrativa.