PUB
Hélder Pereira com Sérgio Ramos e António Camacho na campanha “Joga Seguro”
Sexta-feira, Dezembro 5, 2014

O conhecido ortopedista taipense é um dos coordenadores do projeto “Joga Seguro” apresentado em Madrid no passado dia 3 de dezembro.

Trata-se de um campanha cujo objetivo, como se pode ler no site da FIFA, é identificar e tratar os casos de paragem cardíaca/morte súbita de atletas no terreno de jogo. Na cerimónia de apresentação foi lançada uma aplicação para telemóveis e tablets “CPR11”. Esta aplicação gratuita proporciona ao utilizador instruções claras sobre como realizar reanimação cardiopulmonar. Em 11 vídeos, a aplicação CPR11 mostra como se deve atuar de imediato, como se deve utilizar um desfibrilhador externo automático e como se deve transportar o atleta.
A aplicação está pensada para que qualquer pessoa que esteja presente num recinto desportivo possa dar o seu contributo para salvar um jogador que sofra de uma paragem cardíaca. Os promotores estão convencidos que quantas mais pessoas conhecerem estas técnicas, mais possibilidade existe de salvar vidas. O objetivo é diminuir o tempo de resposta para conseguir o início de suporte básico de vida em 2 minutos e uso de desfibrilhador nos três primeiros minutos de uma paragem cardiorrespiratória no campo.
A campanha “Joga Seguro” representa uma iniciativa promovida pela Fundação MAPFRE e o Centro de Excelência Clínica FIFA – Ripoll y De Prado Sport Clínica Murcia-Madrid, Espanha e conta com a colaboração do defesa do Real Madrid, Sérgio Ramos, e de treinadores como José António Camacho.
Hélder Pereira, um dos coordenadores do projeto, manifestou a sua satisfação pela dimensão que este projeto tomou logos nos primeiros dias, divulgado nos principais jornais de desporto a nível mundial e já com mais de 15 milhões de visualizações Twitter e que será importante na sensibilização e formação de pessoas que vivem diretamente com as atividades desportivas.