PUB
Guimarães quer ser Capital Europeia do Voluntariado em 2014
Terça-feira, Novembro 19, 2013

Guimarães é uma das cidades finalistas, a par de Barcelona e Rennes, entre outras, para o título de Capital Europeia do Voluntariado 2014.

Envolver as associações do concelho de Guimarães, investir na sensibilização, formação e certificação de todos os intervenientes da prática do voluntariado, valorizar a importância e o impacto socio-económico da prática voluntária, realizar uma Feira Nacional do Voluntariado e promover o voluntariado jovem e transfronteiriço são alguns dos objectivos que Guimarães se propõe cumprir na candidatura apresentada a Capital Europeia do Voluntariado 2014.

Apoiada no slogan “Está nas tuas mãos!”, Guimarães estabeleceu um programa de acção baseado na Agenda Política Europeia para o Voluntariado (APEV), que contém recomendações para promover e apoiar o voluntariado como uma demonstração dos valores europeus, proporcionando um veículo para uma cidadania activa e contribuindo para o crescimento da economia e do capital social.

Em 2014, Guimarães propõe-se realizar um plano de acção com 12 temáticas, baseando-se nos sete princípios do voluntariado e nas motivações que lhes estão associadas. Dádiva (Janeiro), Gratuitidade (Fevereiro), Convergência (Março), Liberdade (Abril), Responsabilidade (Maio), Compromisso (Junho), Participação (Julho), Valorização (Agosto), Missão (Setembro), Cooperação (Outubro), Complementaridade (Novembro) e Solidariedade (Dezembro) são temas que estarão subjacentes ao desenvolvimento do programa de iniciativas a promover.

“Trabalhamos numa rede de plataformas colaborativas em que todos se envolvem e será desta forma que iremos actuar tendo em vista o bem comum e a causa pública. Para nós, esta é a consagração da área social de um concelho que queremos cada vez mais inclusivo, feliz e exemplar em boas práticas”, referiu Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, durante a apresentação da candidatura, que decorreu esta Segunda-feira, 18 de Novembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Para a vereadora da Acção Social da Câmara Municipal de Guimarães, Paula Oliveira, “Esta candidatura plasma o voluntariado em Guimarães nas mais diferentes áreas: social, cultural, desportiva e ambiental, embora tenhamos consciência que a área social é uma área transversal, pois está presente em todos os domínios de intervenção do nosso concelho. Como exemplo recente de demonstração de boas práticas, saliento os números da Cidade Europeia do Desporto 2013 onde, até ao momento, foram registadas 1.426 integrações de voluntários num total aproximado de 20 mil horas de voluntariado”.

A decisão final será dada a conhecer, pelo Centro Europeu de Voluntariado, no próximo dia 5 de dezembro, Dia Internacional do Voluntariado.

Artigos Relacionados