PUB
Guimarães quer melhorar mobilidade… mas ainda se cometem erros
Domingo, Dezembro 4, 2005

O fórum Municipal das Pessoas com Deficiência reuniu no dia 3 no Multiusos, em Guimarães. Entre propostas para melhorar a mobilidade no concelho, foram apontados alguns erros que se cometeram em obras recentes.

Uma das propostas que saiu do Fórum Municipal das Pessoas com Deficiência, que reuniu no dia 3, no Multiusos de Guimarães, foi a criação de um Gabinete Municipal de Desenho Universal, que terá como objectivo tornar a vida mais fácil a todos os cidadãos que têm dificuldades de mobilidade.

O fórum Municipal das Pessoas com Deficiência é um órgão informal de debate, consulta e informação que reúne, no mínimo, duas vezes por ano. Esta segunda reunião de 2005 decorreu no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e contou com a participação, entre outros, de um membro da direcção nacional da Associação Portuguesa de Deficientes. Rosa Guimarães apontou alguns erros na construção de edifícios e vias públicas em Guimarães, lamentando que obras recentes, como o Centro Cultural Vila Flor e o Largo da Mumadona, tenham ainda importantes barreiras arquitectónicas.

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência assinalou-se no dia 3, sem comemorações oficiais e sob as críticas das associações de deficientes, que acusam o Governo de promover medidas que os mantêm à margem da vida social.

Em conferência de imprensa realizada sexta-feira, com a qual a Associação Portuguesa de Deficientes (APD) quis assinalar a efeméride, o seu presidente, Humberto Santos, salientou que as mais recentes iniciativas do Governo têm contribuído para que o “grupo social” das pessoas com deficiência esteja entre o “mais pobre” e com maiores taxas de desemprego.

Artigos Relacionados