PUB
Guimarães perdeu mais de 300 empresas têxteis até Março
Sexta-feira, Maio 27, 2005

A região de Guimarães viu encerrar, no primeiro trimestre do ano, mais de 300 micro, pequenas e médias empresas têxteis.

A revelação foi feita por Francisco Cunha do Movimento de Salvaguarda da Industria Têxtil Portuguesa, citado pela Lusa. “As cláusulas de salvaguarda devem ser imediatamente accionadas porque estão em risco milhares de postos de trabalho”, disse Francisco Cunha.

Artigos Relacionados