PUB
Guimarães acima da média no índice de transparência municipal
Sábado, Dezembro 12, 2015

O índice que avalia o nível de transparência dos municípios portugueses, tendo em conta a informação que estes disponibilizam nos seus websites. No conjunto dos 308 municípios, Guimarães ficou com a 43.ª posição.

O município de Guimarães está no grupo dos 50 municípios que melhor comunicam com os seus munícipes, através da informação disponibilizada online. A câmara vimaranense ficou em 43.º lugar no Índice de Transparência Municipal, um indicador que mede do nível de transparência das 308 Câmaras Municipais de Portugal. Guimarães registou a pontuação de 63,46, sendo a média 44,3 pontos.

A liderar a lista pelo terceiro ano consecutivo aparece o município de Alfândega da Fé, que conseguiu um índice de 93,4 numa escala que vai dos 0 aos 100. O Índice de Transparência Municipal (I.T.M.) é construído pela Transparência e Integridade Associação Cívica (TIAC), com base na informação disponibilizada pelos municípios nos respectivos websites.

O índice avalia um conjunto de 76 indicadores relacionados com a orgânica e funcionamento das Câmaras Municipais, assim como a disponibilização de documentação relativa a planos e relatórios, regulamentos nas áreas económico-financeira e de urbanismo.

Decompondo o índice pelas dimensões avaliadas, o município de Guimarães tem nota máxima (100) em matéria de disponibilização de informação económico-financeira. O pior resultado é registado ao nível dos planos e relatórios.

Apesar da posição relativa favorável de Guimarães, o município tem vindo a piorar a sua posição. Em 2013 ficou na nona posição, em 2014 caiu para 41 e agora fica-se pela 43.ª posição.

Quem não fica bem na fotografia são os municípios da Região Autónoma dos Açores – São Roque do Pico, Calheta e Corvo, com 0,82, 2,34 e 7,56, respectivamente.

Os resultados podem ser consultados aqui.