PUB
Guimarães a Pedalar
Terça-feira, Setembro 18, 2012

Guimarães acolhe no dia 22 de Setembro, uma iniciativa dedicada à mobilidade ciclável que pretende promover o uso quotidiano da bicicleta como meio de transporte.

A iniciativa terá lugar no recinto da feira semanal de Guimarães, entre as 10 e as 18 horas, onde serão promovidas actividades de participação gratuita e destinadas a todos os escalões etários. No dia anterior será promovido um Park(ing) Day que transformará locais de estacionamento da cidade. A entrada é livre.

Trial Bike, cicloficinas, recolha de bicicletas usadas, test drive de modelos de bicicleta, Cycling, skates e yôga são algumas das actividades a realizar no recinto da feira semanal vimaranense, entre as 10 e as 18 horas. Pelas 17 horas será promovida uma bicicletada pelas ruas da cidade.

No dia 21 de Setembro, Sexta-feira, Guimarães a Pedalar terá um Park(ing) Day que pretende transformar três locais de estacionamento, de forma temporária, procurando gerar o debate sobre como é criado e utilizado o espaço público.

 

Recolha de bicicletas usadas

A recolha de bicicletas usadas no Guimarães a Pedalar será realizada no âmbito do projecto “Bicicleta Inclusiva” – do qual a Associação de Ciclismo do Minho é entidade parceira – que visa formar jovens com deficiência mental e outras pessoas com baixas qualificações e/ou desempregados de longa duração para a reutilização de bicicletas.

Promovida pela Desincoop, no contexto do projecto de experimentação social LUCUS, a finalidade é montar novas bicicletas a partir de peças aproveitadas de bicicletas usadas e/ou reproduzidas ou manufaturadas pelos participantes do projecto. O produto final destina-se ao seu aluguer ou venda para, desta forma, se garantir a sustentabilidade financeira ao longo do tempo.

Não beneficiando de financiamento púbico ou europeu, os promotores do projecto “Bicicleta Inclusiva” contam com a solidariedade e a participação cívica. Enquanto entidade coordenadora do LUCUS em Portugal, a Desincoop desenvolve um conjunto de acções, em parceria com outras organizações locais, com o objectivo de encontrar nichos de emprego ou ocupação remunerada para pessoas em especial situação de vulnerabilidade.

Artigos Relacionados