Greve Geral encerra Escola EB 2,3 das Taipas
Quarta-feira, Novembro 14, 2012

A Greve Geral convocada para esta 4ª feira motivou o encerramento da Escola EB 2,3 das Taipas.

O elevado número de adesão à greve de pessoal não docente da Escola EB 2,3 das Taipas levou à decisão do encerramento daquele estabelecimento escolar. Dos 23 funcionários que deveriam estar ao serviço, apenas dois compareceram. A esmagadora maioria (21) aderiu à greve o que levou a Direcção do Agrupamento de Escolas das Taipas a decidir pelo seu encerramento. Relativamente a professores, dos 35 que tinham serviço durante o turno da manhã, aderiram à greve 8. Nas restantes escolas do Agrupamento, a adesão é mínima e não interfere com o normal funcionamente dos estabelecimentos escolares.

Nos Agrupamentos de Escolas de Briteiros e Arqueológo Mário Cardoso (Ponte) a adesão também se tem ficado por números que não afectam o normal funcionamento das aulas.

Relativamente à Escola Secundária, também se verificam situações de adesão à greve em números pouco significativos e que não interferem com o normal funcionamento do estabelecimento escolar.

Nas Unidades de Saúde Familiar Ara de Trajano e Duovida, nas Taipas, tudo parece também funcionar dentro da normalidade. No caso da Duovida, a adesão é praticamente nula. Na Ara de Trajano, da parte da manhã, verificaram-se alguns constrangimentos no seu funcionamento. Dos 17 profissionais, entre pessoal médico, de enfermagem e administrativo, que constituem aquela USF, 5 aderiram à greve.

Artigos Relacionados