PUB
Gilberto Madaíl não fala sobre a exclusão de Guimarães do Europeu Sub-21
Domingo, Janeiro 15, 2006

Os estádios de Braga e Barcelos foram os escohidos, deixando o Afonso Henriques de fora. Madaíl não comenta.

Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) remeteu para a próxima semana os comentários sobre a exclusão do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, da fase final do Europeu Sub-21.

O afastamento do Afonso Henriques já deu origem a diversas reacções, em Guimarães.

A Associação Comercial e Industrial de Guimarães classificou a decisão de “escandalosa” e a Câmara Municipal garantiu, em declarações a uma rádio local, que “estão a ser feitas todas as tentativas no sentido de inverter a actual situação”.

Recorde-se que as Taipas beneficiaram, na altura do Euro 2004, de muita animação no comércio e hotelaria, com a vinda de adeptos, que, em menor escala, se poderia repetir agora.

A centralidade deste evento, no Minho, foi no entanto virada mais para norte, para o eixo Braga-Barcelos, cujas cidades tiveram os seus estádios escolhidos.

O campeonato inclui a participação de oito selecções finalistas, em dois grupos. Portugal está incluído no Grupo A, cujos jogos terão lugar no Estádio Municipal de Braga e no da Cidade de Barcelos, enquanto o Grupo B jogará nos estádios municipais de Aveiro e Águeda.

O pontapé de saída do campeonato será dado no dia 23 de Maio e a final terá lugar no Bessa, no dia 04 de Junho.

Artigos Relacionados