PUB
Galiza e Norte de Portugal querem manter tradições em perigo de desaparecimento
Sexta-feira, Outubro 28, 2005

Galiza e Norte de Portugal apresentaram uma candidatura das tradições orais galaico-portuguesas a Património Imaterial da Unesco, cuja decisão está agendada para 25 de Novembro.

A candidatura foi entregue em Outubro de 2004, com o objectivo fundamental de “imortalizar uma série de tradições que corriam o risco de desaparecer”.

Segundo Lourdes Carita, da Comissão Promotora da Candidatura, o dossiê foi qualificado de “rigoroso e bem documentado”, restando agora aguardar pela decisão do júri, que será conhecida a 25 de Novembro, aquando da próxima proclamação.

Segundo a Unesco, estas candidaturas devem respeitar a um património enraizado em tradições e em perigo de desaparecimento.

Os promotores da iniciativa defendem que a cultura comum das duas regiões – Galiza e Norte de Portugal – apresenta características antropológicas e históricas ainda preservadas nos dois lados da fronteira mais antiga da Europa.

Referem ainda a riqueza e variedade etnográficas, de entre as quais se destacam a oralidade que vem da época medieval, cantares ao desafio, festividades do ciclo agrário, cultura marítima tradicional, instrumentos e formas musicais.

Reflexo com Lusa.

Artigos Relacionados