Futuro do Vale do Ave em debate na Fábrica ASA
Sexta-feira, Dezembro 7, 2012

Está desde ontem, por via de várias iniciativas, a ser debatido o futuro do Vale do Ave em diferentes espaços da Fábrica ASA.

Para esta Sexta-feira, 7 de Dezembro, na Blackbox da Fábrica ASA, a Capital Europeia da Cultura organiza o seminário “Ao Cair do Pano. Sobre a Formação do Quotidiano num Contexto de (Des)Industrializado do Vale do Ave”, organizado pela ADRAVE – Agência de Desenvolvimento do Vale do Ave. No mesmo dia, é lançado o livro sobre o projecto “Edifícios & Vestígios”, que reúne os resultados dos processos de investigação e de materialização da exposição, realizados entre 2010 e 2012.

No sábado, as actividades iniciam-se com uma visita maratona à exposição, que termina com um jantar performance, organizado por The Decorators & Sr. Sequeira. Por fim, Inês Moreira apresenta o livro elaborado no âmbito do projecto.

O programa encerra Domingo, 9 de Dezembro, às 20h00.

Com curadoria de Inês Moreira e Aneta Szylak, o projecto “Edifícios & Vestígios” – que integra o ciclo “Escalas e Territórios” de Arte e Arquitetura – aborda o passado e propõe novas formas de repensar o património industrial. A exposição ocupa três mil metros quadrados da Fábrica ASA – um dos mais emblemáticos símbolos do têxtil vimaranense – para dar a conhecer vestígios de históricas fábricas portuguesas, recorrendo a 30 projectos que utilizam objectos encontrados, materiais, filmagens e estruturas espaciais para apresentar soluções para a requalificação de edifícios e materiais, dando-lhes um novo significado. O trabalho efetuado mostra que há arquivos tão completos sobre algumas fábricas, que podem dar origem a museus próprios, incutindo um novo significado à herança deixada pela indústria têxtil.

PUB

Artigos Relacionados