PUB
Futebol distrital
Segunda-feira, Agosto 8, 2005

O Clube Operário de Campelos inicia, a 16 de Agosto, os trabalhos da nova temporada. Na época do retorno à Divisão de Honra, António Mota manteve-se como presidente da colectividade.

Segundo disse, “achei que o Campelos merecia mais um ano do meu esforço, depois, como sempre que o clube subia ficava sem presidente, optamos pela continuidade”, explicou. No comando técnico permanece Di-mas, um dos técnicos respon-sáveis pela subida de escalão. António Mota adianta que a sua continuidade fica a dever-se “ao seu valor e ao profundo conhecimento que já tem desta divisão”, disse. Em relação aos objectivos, “queremos e só podemos pensar unicamente na manutenção”, concluiu o presidente do Clube Operário de Campelos.
Para a nova época foram garantidos nove reforços, contudo, falta a aquisição de um guarda-redes. Eis os novos elementos que ingressam no clube: Polícia (ex Este), Rui (ex Santo Estevão), Domingos (ex Santo Estevão), Agostinho (ex Maria da Fonte), Tostão (ex Brito), Kiwi (ex Ponte), Faria (ex Santo Adrião), Leandro (ex Vizela), Queque (ex júnior do Sandinenses) e Ribeirinho (ex Pevidém). Transitam da temporada passada onze jogadores, nomeadamente: Antunes, Cenoura, Nelinho, Morais, Nuno, Pedro Rodas, Rui Rodas, Sérgio, Rolando, Chico e Renato.

Victor Jorge Oliveira

Artigos Relacionados