PUB
Freguesia de Longos – Os Candidatos
Quarta-feira, Setembro 14, 2005

São três os candidatos às próximas eleições autárquicas na freguesia de Longos. João Guimarães Ribeiro pelo PSD, Joaquim Araújo pela CDU e Fernando Araújo pelo PS.


PSD – João Guimarães Ribeiro

João Ribeiro, empresário de 31 anos, é o actual Presidente da Junta de Longos e o candidato pelo PPD/PSD às próximas Eleições Autárquicas na freguesia de Longos. Aí reside (apesar de ter nascido em França) e a sua recandidatura a estas eleições deve-se essencialmente à enorme vontade de completar o trabalho iniciado há 4 anos atrás, altura em que tirou do “poder” ao PS em resultado das Eleições Autárquicas de 2001. Militante do PPD/PSD, João Ribeiro, já se havia candidatado em 1997, desta feita pelo CDS/PP. Na freguesia já colaborou directamente com diversas associações e organismos, como são os casos dos Escuteiros, Grupo Coral, G. Desportivo de Longos e Grupos de Catequese.
Caso saia vencedor e se possível com uma maioria reforçada, como nos confidenciou, são seus objectivos e da sua equipa de trabalho: Proceder à cobertura do ringue da freguesia, colocando um piso sintético e, ainda no mesmo espaço, construir uma Sala de Ensaios para o Rancho Folclórico, imediatamente por cima da sua actual sede; Construir um Centro Social onde poderão ser colocadas diversas valências sociais (Creche, Jardim de Infância, ATL, Centro de Dia, Lar de Idosos) e para o qual já possuem terrenos disponibilizados, até 10 mil m2, na Quinta do Passal; Concluir definitivamente a legalização do Parque de Jogos do G.D. Longos (tentando ultrapassar alguns imperativos do PDM que estão a inviabilizar o assunto) não se colocando de lado a possibilidade deste vir a ser transferido para o mesmo espaço do futuro Centro Social – caso a situação não se consiga resolver; Construção de um novo edifício para sede da Junta de Freguesia e continuar a melhorar os arruamentos da principais artérias da freguesia.
Numa última mensagem aos eleitores de Longos, João Ribeiro, faz um apelo a que continuem a acreditar nas pessoas que neste momento ainda lideram a Junta pois, irão continuar a trabalhar com o mesmo empenho, dedicação e gosto pela freguesia, como até à data tem acontecido.

CDU – Joaquim Araújo

Desde 1989 que Joaquim Ribeiro, 52 anos, se apresenta a eleições como cabeça de lista pela CDU à freguesia de Longos. É metalúrgico, filiado na CDU e nasceu em Sto. Estêvão de Briteiros. No passado, chegou a estar ligado aos órgãos sociais do grupo Desportivo de Longos e colaborou por diversas vezes na organização das Festas Religiosas da freguesia. Recandidata-se a novo acto eleitoral para dar força ao partido, em defesa da Classe Operária e para bem da freguesia.
Consciente de que é extremamente difícil ser eleito não deixa, no entanto, de manifestar o desejo de ver resolvidos alguns problemas da freguesia: A construção de casas de banho na Capela Mortuária; Incentivar as pessoas a dar mais apoio na organização das festas religiosas da paróquia; Zelar por mais e melhor limpeza nos arruamentos da freguesia, principalmente nos loteamentos existentes; Tentar, junto da Câmara de Guimarães, a redução da taxa de lixo paga mensalmente pelos habitantes de Longos, uma vez que na freguesia não há limpeza camarária de arruamentos e paga-se a mesma taxa que nas vilas do concelho e criar um abrigo para passageiros no final da Rua da Murteira, para quem tem necessidade de aguardar, no local, pelos transportes públicos; Legalizar, definitivamente, o campo de Futebol do G. D. Longos é também sua preocupação.
Segundo Joaquim Ribeiro, “a população de Longos tem que acordar. Andamos a ser enganados há muitos anos. Não por este últimos 4 anos, mas, pelos restantes anos anteriores que foram quase duas décadas”.

PS – Fernando Araújo

Fernando Araújo é pela primeira vez o candidato pelo PS, como independente, nesta freguesia. É natural e residente em Longos, empresário de profissão e conta com 46 anos.
Sobre as suas expectativas, projectos e motivações, não poderemos referir mais nada uma vez que, apesar dos vários contactos estabelecidos e do candidato, de forma cordial, nunca se ter indisponibilizado para uma curta conversa, o que é certo é que não o conseguimos fazer em tempo útil relativamente ao fecho desta edição. Temos pena, ele certamente que também terá mas, não foi possível fazer muito mais.

Artigos Relacionados