PUB
Francisco Teixeira defende Instituto Ibérico de I&D nas Taipas
Terça-feira, Novembro 29, 2005

Francisco Teixeira, em artigo de opinião no JN de terça-feira afirma que “esta localização, as Taipas, a dez quilómetros de cada um dos pólos da UM e entre Guimarães e Braga, é a ideal”

Algumas frases em destaque do artigo publicado no Jornal de Notícias de hoje:

“O mais óbvio é que este Instituto fique sedeado no Parque de Ciência e Tecnologia das Taipas, a meio caminho entre Braga e Guimarães e entre os dois campus universitários da Universidade do Minho, o de Gualtar e Azurém, dando sentido ao investimento do Estado, do Governo e das autarquias, aí realizado.”

”Há quem, como habitualmente, pense que Braga, e só Braga, é e deve ser o destinatário directo dos investimentos públicos de ensino e investigação.”

”Desta vez, Taipas e o seu incipiente pólo tecnológico (embora ricamente infra-estruturado) são o lugar ideal para esta infra-estrutura central para o nosso desenvolvimento, desde logo porque permite, quase de imediato, a sua instalação física, com todas as condições, sem custos para ambos os governos. “

”Se houver bom senso, o local já está encontrado e, num prazo recorde, teremos o Instituto instalado.”

Artigos Relacionados