Foi apresentada Rota da Citânia de Briteiros
Domingo, Abril 2, 2006

O percurso pedestre apresentado pretende ser, segundo a Zona de Turismo de Guimarães, um dos factores para uma maior permanência dos turistas que visitam a região.

Foi apresentado mais um produto turístico, desta vez relacionado com a Citânia de Briteiros. Trata-se de um percurso pedestre com partida no Museu da Cultura Castreja e subida até à citânia pela margem do Rio Febras.

O objectivo é, segundo Sofia Ferreira, da Zona de Turismo de Guimarães, aumentar o tempo de permanência dos turistas que nos visitam. O projecto, segundo aquela responsável, partiu do conceito de revitalização e promoção dos caminhos antigos das freguesias, potenciando a oferta de novos produtos turísticos fora do centro histórico de Guimarães.

Complementarmente, foi anda lançado um guia com informação diversa sobre o percurso pedestre, assim como factos notáveis sobre a envolvente.

O guia faz referência aos vestígios arqueológicos encontrados nas Caldas das Taipas, que atestam o povoamento da região pelos romanos. Além disso, o mesmo guia faz referência às Termas das Taipas, como parte do conjunto de lugares com interesse.

Além deste trilho foi apresentado em simultâneo um outro, como características identicas, em S. Torcato.

O guia será publicado, para além do português, em castelhano, inglês e francês.

Texto: Paulo Dumas

PUB

Artigos Relacionados