PUB
FINICIA apoia criação de novas empresas no Minho
Sexta-feira, Junho 9, 2006

Esta quinta-feira foi assinado, nas instalações da AIMinho, em Braga, o protocolo que marca o arranque do Projecto FINICIA na região Minho, um programa do Ministério da Economia que apoia iniciativas empresariais economicamente sustentáveis e com potencial de desenvolvimento.

O principal objectivo do FINICIA é proporcionar a melhoria do acesso ao financiamento de negócios emergentes e de empresas de pequena dimensão, nomeadamente com o alargamento da base de acesso a capital e ao crédito

A intervenção do Ministério da Economia (via IAPMEI) viabiliza a partilha do risco das operações de financiamento feitas pela rede de operadores de capital de risco, instituições bancárias e de garantia mútua participantes no Programa, criando condições para tornar mais fácil o acesso ao capital pelas pequenas empresas nas fases de arranque ou início do seu ciclo de vida.

Através do estabelecimento de parcerias público-privadas, o programa integra três eixos de intervenção. No Minho foi escolhido o EIXO II – Negócios Emergentes de Pequena Escala.

Em termos nacionais, perspectiva-se, no âmbito do FINICIA, o suporte a 1300 negócios, com cerca de 114 milhões de euros de investimento global, para 64 milhões de euros de investimento público.

No protocolo ontem assinado estão envolvidas, para além do IAPMEI, da PME Capital e da SPGME – Sociedade de Capital de Risco, SA, a Universidade do Minho, o Instituto Politécnico do Cavado e do Ave, o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, a Associação Industrial do Minho, a PME – Portugal, a Associação Nacional dos Jovens Empresários, a Spinvalor, SA e a Tecminho – Associação Universidade Empresa.

Mais informações sobre o FINICIA em:
Programa FINICIA

Artigos Relacionados