PUB
“Estudo” o vento levou
Quarta-feira, Junho 12, 2013

Portugal vem experimentando, nos últimos 25 anos, um processo de integração Europeia, com os resultados que uma equipa coordenada pelo professor Augusto Mateus longamente carateriza, em recente relatório intitulado “25 anos de Portugal na Europa”. Deste trabalho parece resultar uma conclusão, previsível há 25 anos, confirmada há 15 anos e apresentada agora em azáfama de “ver quem diz primeiro”, como exercício dos decisores de sempre, para se colocarem à margem das responsabilidades: Portugal recebeu 9 milhões de euros por dia de fundos estruturais e o que resultou foi o falhanço absoluto, em todos os indicadores.

Inventa-se, entretanto, uma personagem coletiva a quem vão chamando de “nós todos”, responsável pelo estado a que chegou o País.

Os especialistas, oriundos dos partidos da alternância, esses, apesar de terem sido, ao longo de todo este tempo, ministros, secretários de estado, administradores, gestores, consultores e outros “horrores”, nada têm a ver com isso e nunca conseguiram prever ou sequer cheirar as consequências, provando agora a sua inocência com estudos “póstumos” e lições de duvidoso moralismo. Eles foram sempre muito mal pagos, considerando a sua insubstituível capacidade “swap”.

O verdadeiro culpado foi, de facto, o “Zé” que teve a ousadia de viver acima das suas possibilidades.

Alguém tem dúvidas sobre onde foi parar o dinheiro? Ou precisam que vos faça um estudo?

26