PUB
Estudo coloca Portugal em 18.º em matéria de desempenho ambiental
Segunda-feira, Fevereiro 11, 2008

O Índice de Performance Ambiental foi elaborado por universidades norte-americanas. Os resultados e as conclusões foram apresentados no final Janeiro, no Fórum Económico Mundial, realizado em Davos, na Suíça.

Um grupo de académicos das universidades de Yale e Columbia (E.U.A) reuniram um conjunto de 25 indicadores ambientais em 149 países do mundo, incluindo Portugal. O resultado foi uma classificação (ranking) de desempenho ambiental dos vários países analisados.

Portugal não se saiu nada mal na fotografia. Conseguiu um índice de 85.8 pontos, numa escala de zero a cem. Apesar de os portugueses serem bombardeados com indicadores dando conta de que se está ainda muito longe dos objectivos estipulados, não deixa de ser curioso que Portugal fique à frente de países como a Itália, a Espanha, a Bélgica ou mesmo a Holanda – muitas vezes apontada como a consciência ambiental europeia.

O Environmental Performance Index definiu, para além dos indicadores, um conjunto de critérios e objectivos, que foram agrupados por temas como saúde ambiental, poluição atmosférica e alterações climáticas. A escolha destes indicadores baseou-se em dois grandes grupos de políticas tomadas a nível mundial em matéria de ambiente: a redução das pressões ambientais e a promoção da saúde humana; a gestão racional de recursos naturais e a manutenção da biodiversidade.

Na classificação final, foi a Suíça que obteve o melhor índice (95.5), seguida da Suécia (93.1), da Noruega (93.1) e da Finlândia (91.4). Portugal fica no 18.º lugar com 85.8 pontos, sendo que dentro do grupo dos países europeus, fica classificado em 14.º.

Das conclusões do documento ressalta o facto de os bons resultados ambientais estarem correlacionados com o nível de desenvolvimento e riqueza dos países. Mesmo assim, os países mais desenvolvidos são também aqueles que registam maiores danos ambientais e por isso necessitam de um maior esforço.

Os resultados do Environmental Performance Índex foram publicados aquando do Fórum Económico Mundial, realizado em Davos na Suíça no final de Janeiro.

Texto: Paulo Dumas

Artigos Relacionados