Escuteiros das Taipas participam no Acampamento Regional
Quarta-feira, Setembro 7, 2005

Os Escuteiros das Taipas fizeram-se representar no último Acampamento Regional com um grupo de 10 elementos da IVª Secção.

Mantendo bem firme o sentido do Escutismo na nossa paroquia os caminheiros do CNE das Taipas partiram ao encontro do paraíso, onde durante 5 dias (24 a 28 de Agosto) abraçariam um saudável desafio, o ACAREG 2005 (Acampamento Regional 2005).
Entusiasmados, 9 dos muitos elementos do nosso Agrupamento, deram início à sua aventura saindo às 13 h. do local onde, em tempos muito recentes, alimentávamos uma sede. Após 2 horas de viagem e de várias paragens à procura do local do acampamento, eis a tão esperada chegada… Tomadas as actuais providências e seguindo a rotineira montagem de campo, tudo estava pronto para abrir portas aos mais de 2000 Escuteiros que compareceram ao local. Eram 21:30h.! Foi a hora em que se registou oficialmente a abertura do acampamento.
Apesar de cansados os nossos caminheiros não taparam os ouvidos à alvorada estipulados para as 6:30 h. do dia seguinte e de mochila às costas, partiram na esperança de descobrirem ou aprofundarem conhecimentos em variadas religiões (islamismo, budismo, hinduísmo e, judaísmo). Para que não se quebrasse a tradição foram distribuídas as rações de combate e assim, morta a fome, o Chefe Assistente Regional da IV secção deu início à bênção cristã para a caminhada. Para tornar mais animada a actividade, bem como, incentivando ao convívio, os 250 caminheiros dividiram-se em 16 equipas e aí alargaram horizontes e partiram em busca dos 4 templos. Tudo isto não parou o relógio mas, mesmo assim, os nossos aventureiros abraçaram o espírito escutista e logo cedo aproveitaram a água límpida da montanha para se refrescarem.
No Gerês, encantados, todos tivemos a noção que, para nosso deleito, a natureza ensaiou durante milhões de anos aquele espectáculo maravilhoso.
Para marcar o fim-de-semana, fomos para Prado de onde Samos às 16 h., após um banho refrescante na praia fluvial local. No final da tarde, ao som de “gritos”, cânticos e muitos sorrisos, regressamos ao Campo do ACAREG conformados que aquela seria a a nossa última noite naquele local.
Domingo! Muitos dos nossos caminheiros da região de Braga acordaram com olhares de cansaço mas nunca de insatisfação e assim deram início à avaliação do acampamento, à eucaristia e ao encerramento do ACAREG 2005.
Uma aventura, novas amizades, um desafio inesquecível cessava, e nesse momento, mais do que nunca, todos interpretavam, com o seu lenço bem alto, a letra da Canção do Adeus.
Terminou no dia 28 de Agosto, na freguesia de Vila Seca, em Barcelos, o ACAREG 2005, um desafio escutista que envolveu mais de 2000 jovens. Em conjunto construíram uma tenda imaginária do tamanho da região de Braga.
Pelo que nos toca, os nossos caminheiros “construíram o paraíso, de mãos dadas, ao longo do caminho de todos os que participaram neste ACAREG”. Baden Powel, esperava que aprendêssemos a educar para o amor e todos os escuteiros presentes, com a mesma saudação, disseram um Até amanhã… Até sempre.

IVª Secção – CNE – Agrup. 666 – Taipas

PUB

Artigos Relacionados