PUB
Edifício “Pensão Vilas” debatido em Assembleia de Freguesia Extraordinária
Terça-feira, Junho 14, 2016

Está agendada para 18 de junho, sábado, a Assembleia de Freguesia Extraordinária, requerida pelo Partido Socialista e Coligação Democrática Unitária, para debater questões relacionadas com o edifício da Pensão Vilas.

Os membros do Partido Socialista e da Coligação Democrática Unitária, com assento na Assembleia de Freguesia de Caldelas, requereram a marcação da referida reunião com base em “notícias trazidas a público sobre uma dívida da ADIT” à construtora responsável pelas obras da Residencial Sénior a edificar no antigo edifício da Pensão Vilas, nas Taipas.

A realização da reunião extraordinária da Assembleia de Freguesia de Caldelas está agendada para as 10 horas do próximo sábado, 18 de junho, para o Salão Nobre do Bombeiros Voluntários das Taipas e, como ponto único da sua agenda de trabalhos consta: “Edifício da Pensão Vilas – Que caminhos para a resolução de um problema financeiro e patrimonial para a freguesia”.

Recorde-se que, em nota de imprensa, o PS Taipas acusou a Junta de Freguesia de Caldelas de se esconder atrás da ADIT, “não respondendo às sucessivas perguntas e esclarecimentos” que lhe têm sido solicitados.

Esta reunião acontece no dia anterior à realização da Sessão Solene de entrega da Medalha de Honra da Freguesia a Elisabete Matos, agendada para 19 de Junho (18 horas), dia em que celebra o 76º aniversário da elevação das Taipas à categoria de vila.

Artigos Relacionados

Edifício termal poderá ter o nome de Augusto Dias de Castro
Sábado, Novembro 2, 2013

Ricardo Costa, presidente da direcção da Taipas-Turitermas, durante a sua intervenção na apresentação dos sabonetes da Taipas Termal, defendeu que o edifício termal passasse a ostentar o nome do seu antigo director clínico

Ricardo Costa relembrou que está em desenvolvimento um projecto de reconversão do edifício termal e que esta intervenção deveria servir, também, para homenagear “um homem do povo, de entrega constante a estas gentes e ao concelho, assim, gostaria que este edifício se chamasse Augusto Dias de Castro. Gostaria que este homem, este médico, estivesse ainda presente entre nós, foi a pessoa que conseguiu recuperar e dar alma a este balneário”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, referindo-se a esta proposta, afirmou que “tudo o que as Taipas pretender fazer para perdurar a memória do Dr. Augusto Dias de Castro terá o seu apoio”.

Artigos Relacionados

Edifício da Pensão Vilas nas mãos da Junta de Freguesia de Caldelas
Terça-feira, Outubro 4, 2011

Um processo que envolverá cedência de posições, entre várias entidades, resultará na propriedade do edifício da Pensão Vilas para a Junta de Freguesia de Caldelas

As obras de construção da Residencial Sénior no antigo edifico da Pensão Vilas, poderão iniciar-se no início do próximo ano. Quem o vaticina é Constantino Veiga, presidente da Junta de Caldelas que, no momento, continua a desembolsar uma renda mensal de 3 mil euros na qualidade de arrendatário do referido edifício.

Questionado sobre o ponto de situação do assunto em causa, Constantino Veiga acabou mesmo por revelar o destino e os passos que todo este processo conhecerá ao longo dos próximos tempos. ”Vai verificar-se uma cedência de posição de locação, da sociedade imobiliária que actualmente é proprietária do edifício para a Associação para o Desenvolvimento Integrado das Taipas – ADIT (entidade que vai gerir a Residencial Sénior) que, por sua vez cederá a sua posição à Junta de Freguesia de Caldelas que, de imediato, fará nova cedência à ADIT relativamente ao direito de superfície do edifício durante os anos que venham a ser estipulados. Não há nada de novo nisto. Foi isso que a Junta também já fez com o Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa. Claro que vamos continuar a pagar a mensalidade que se tem pago até cumprir os 15 anos, altura em que o edifício passará a ser propriedade da Junta de Freguesia de Caldelas”, disse ao Reflexo.

O presidente da Junta de Caldelas referiu ainda não estar preocupado com as questões que se têm levantado do pagamento dos 3 mil euros mensais. Enaltece, ainda a este propósito, a coragem das pessoas que constituem a ADIT e que, na altura do negócio, “confiaram em nós e neste projecto”.

Artigos Relacionados

Edifício do arquitecto Lourenço Mendes entre as obras arquitectónicas de referência do século XX
Quinta-feira, Junho 22, 2006

O Inquérito à Arquitectura Portuguesa do Século XX pretende dar a conhecer os casos mais representativos da arquitectura que praticou no país no século passado.

O processo teve início em Setembro de 2003 e consistiu na sistematização de informação relativa a diversas obras de arquitectura. Foram visitados 304 concelhos e foram catalogados os edifícios considerados mais representativos. O resultado do trabalho foi apresentado na passado mês de Abril e pode ser consultado através do site https://iapxx.arquitectos.pt/ que disponibiliza uma base de dados com todas obras catalogadas.

Entre estas obras está o edifício projectado pelo arquitecto Lourenço Mendes na Rua de São Martinho, na freguesia de Sande (S. Martinho). Outro edifico catalogado, na freguesia de Caldelas, pertence ao arquitecto Manuel Correia Fernandes e fica situado na Rua Comandante Carvalho Crato, com a Travessa no Comandante Costa e Silva – o edifício que confina com a Quinta do Monte.

De resto, existem outras obras referenciadas no IAPXX, nas freguesias vizinhas. Duas obras de ampliação e reabilitações em edifícios rurais: a Casa José Manuel Teixeira e a Quinta da Cavada, ambas em Briteiros (St.º Estêvão), intervenções com traço de Álvaro Siza e Fernando Távora, respectivamente.

Texto e fotos: Paulo Dumas

Artigos Relacionados