Domingos Bragança avança com candidaturas de Guimarães Capital Europeia do Voluntariado e Capital Verde da Europa
Segunda-feira, Setembro 2, 2013

São duas iniciativas anunciadas na festa convívio do PS de Guimarães, realizada no parque da Ínsua em Ponte

A tarde do primeiro dia de Setembro foi de festa para os socialistas que marcaram presença no parque localizado na margem esquerda do rio Ave. Com muita animação musical, o destaque foi, naturalmente, para as intervenções políticas.
Coube a Miguel Sousa, candidato pelo mesmo partido à autarquia de Ponte, dar as boas vindas aos presentes e relembrando que através do Orçamento Participativo foi aprovada uma intervenção no próprio parque onde se estava a desenvolver o convívio socialista.

António Magalhães, candidato à assembleia municipal, foi bastante crítico para com a candidatura social-democrata que acusou de “parasitar” o slogan da campanha socialista.
Defendeu que as obras efectuadas nos últimos anos colocaram Guimarães no pódio dos concelhos do país e que com a vitória do Partido Socialista a 29 de Setembro, estariam reunidas condições para que Guimarães continuasse a ser “o melhor concelho do país para se viver”.

O destaque da tarde coube, naturalmente, a Domingos Bragança que se revelou mais emotivo que em outras intervenções realizadas em freguesias vizinhas.
Deixou uma mensagem inicial de reconhecimento e de solidariedade com os bombeiros portugueses e familiares dos que pereceram no combate às chamas.

Recuperou o slogan anteriormente referido na entrevista ao Reflexo de que estará na Câmara “para todos e com todos”. Para isso, como referiu, reuniu uma equipa que lhe dá garantias de “trabalho, de competência e de dedicação à causa comum”.
Lançou um apelo ao combate à abstenção, deixando em particular uma mensagem aos “desiludidos com a vida política que devem continuar a acreditar que o país tem futuro” e onde os jovens não podem ser vistos somente como potenciais emigrantes.

Relembrando a CEC 2012 e a CED 2013, Domingos Bragança afirmou que já está a trabalhar em duas novas candidaturas para Guimarães. A primeira, já para 2014, será no âmbito do voluntariado. Trata-se de uma organização do Centro Europeu de Voluntariado que escolherá entre todas as cidades europeias candidatas a Capital Europeia do Voluntariado de 2014.

Num outro nível, mais relacionado com as questões ambientais, o candidato socialista referiu que também é sua intenção apresentar uma candidatura ao prémio Capital Verde da Europa para o ano de 2016, distinção que a Comissão Europeia atribui todos os anos a uma cidade com mais de 100 mil habitantes que se destaque pela sua qualidade de vida em termos ambientais.

Artigos Relacionados