PUB
Dia Um de Portugal assinala-se em Guimarães. Sessão solene regressa aos Paços dos Duques
Terça-feira, Junho 23, 2015

A Batalha de São Mamede opôs D. Teresa de Leão ao seu filho, o infante Afonso Henriques. Este derrotou a mãe e partiu à conquista do que é hoje o território de Portugal. A História faria dele o Rei Fundador.

A local onde se deu a batalha batalha de S. Mamede é hoje um local tranquilo, marcado, pelas figuras esguias, esculpidas por Augusto Vasconcelos. Por ali, há 887 anos atrás, nada de tranquilo permanecia, enquanto os guerreiros leais aos condes galegos Peres de Trava, mandatados por D. Teresa, se batiam com os guerreiros revoltados do condado Portucalense, liderados por D. Afonso Henriques, que queriam que se garantisse a independência do território.

O local tido como mais consensual entre os estudiosos é uma veiga nos arrabaldes a nordeste da cidade de Guimarães, o chamado Campo da Ataca, na freguesia S. Torcato. Uma área ampla, de solos maioritariamente agrícolas, com o Rio Selho a correr ali perto. A História conta-nos que D. Afonso Henriques venceria a batalha, derrotando a sua própria mãe, que se terá refugiado no Castelo de Lanhoso, erguido no cimo do Monte do Pilar.

Esta batalha resultou na fundação de Portugal e na coroação de D. Afonso Henriques como rei. Daí que se refira a este dia 24 de Junho, como o primeiro de Portugal. A data, marcada pelo simbolismo, é assinalada em Guimarães, onde é feriado municipal, altura em que decorrem vários actos protocolares, que procuram evitar que a importância da data se desvaneça com o tempo.

O programa inicia-se às 9 de manhã, com o hastear das bandeiras no edifício da Câmara Municipal de Guimarães. Como é hábito neste dia, decorrerá um conjunto de inaugurações: dos parques de lazer em Lordelo e em Moreira de Cónegos; e do espaço de salas de ensaio no Teatro Jordão. À tarde será feita uma visita às obras de requalificação do Castelo de Guimarães.

O programa do Dia Um de Portugal é rematado por uma Sessão Solene, que este ano decorrerá no Paço dos Duques de Bragança, onde serão entregues as Medalhas de Honra do Município de Guimarães a três ex-presidentes do município: Edmundo Campos, Manuel Ferreira e António Xavier; e ao Reitor da Universidade do Minho, António Cunha.

De resto, o programa inclui a celebração da eucaristia na Igreja da Oliveira, marcada para as 12.30 horas e a homenagem a D. Afonso Henriques, às 17.30 horas e finalmente a Sessão Solene, marcada para as 18.30 horas.