PUB
Detidos suspeitos do assalto à Ourivesaria Taipas Jóias
Domingo, Agosto 16, 2009

Quatro homens e uma mulher foram ouvidos depois de terem sido detidos pelo suspeita da prática de vários assaltos à mão armada na região, entre este o ocorrido no dia 1 de Agosto na Ourivesaria Taipas Jóias.

A Polícia Judiciária deteve quatro indivíduos suspeitos de terem assaltado várias ourivesarias nos últimos meses na região Norte. De acordo com informações veiculadas pela própria polícia, os suspeitos têm idades compreendidas entre os 17 e os 23 anos.

Um dos estabelecimentos comerciais que foi alvo da actividade deste grupo foi a Ourivesaria Taipas Jóias, localizada no centro da vila de Caldas das Taipas, no primeiro dia de Agosto, ao início da tarde.

Além desta, os quatro suspeitos são indiciados de assaltos outra ourivesaria na Póvoa de Lanhoso, bem como a outros estabelecimentos comerciais da região. Os assaltos eram feitos com recurso a alguma violência e a armas de fogo, como forma de intimidação. Várias armas de fogo foram recolhidas. Após os assaltos os assaltantes punham-se em fuga em automóveis roubados.

No caso do assalto à ourivesaria no centro das Caldas das Taipas, o veículo utilizado foi posteriormente queimado na freguesia vizinha de Briteiros (St.º Estêvão), tendo sido necessária a intervenção dos Bombeiros das Taipas.

A operação decorreu sob a coordenação do Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ. Além dos quatro indivíduos, foi presente igualmente às autoridades uma mulher, ela própria proprietária de ourivesarias, que alegadamente recebia o ouro roubado.

Texto: Paulo Dumas

Artigos Relacionados