PUB
Décima nona edição do Guimarães Jazz arranca no CC Vila Flor
Quarta-feira, Novembro 10, 2010

Uma homenagem ao vibracionista Lionel Hampton (na foto) dará origem ao primeiro concerto do festival com Jason Marsalis, Lew Soloff, Red Holloway e Diane Schuur.

Novembro já é, tradicionalmente, um mês dedicado ao jazz na cidade de Guimarães. Este estatuto assenta no facto de há dezanove anos se realizar na cidade aquele que entretanto se tornou num dos mais importantes festivais de música jazz num âmbito nacional e europeu.

A importância do Guimarães Jazz hoje deriva dos nomes que por Guimarães têm passado por esta altura, provenientes das mais diversas famílias do jazz.

Este ano a organização procurou seguir a linha que vem seguindo nos últimos anos, englobando num mesmo cartaz nomes do jazz mais tradicional, proveniente dos Estados Unidos da América, e o jazz mais contemporâneo e europeu – onde cabe naturalmente o jazz feito em Portugal, com destaque para mais um concerto TOAP Colectivo e do lançamento do terceiro disco desta série.

O festival terá início no dia 11 de Novembro com aquele que os organizadores classificaram como “um momento de celebração”, com um concerto evocativo do vibrafonista Lionel Hampton (1908-2002) – uma das figuras incontornáveis do jazz clássico. Em palco nesta altura estarão Jason Marsalis (vibrafone), Lew Soloff (trompete), Red Holloway (saxofone) e Diane Schuur (voz).

No dia seguinte será a vez de subir ao palco do grande auditório do Centro Cultural Vila Flor de Kenny Garret, saxofonista e por vezes flautista que começou a carreira como sideman acompanhando músicos como Miles Davis, Art Blakey, McCoy Tyner ou Pharoah Sanders.

Ainda no saxofone, sábado juntam-se Joe Lovano, Dave Liebman e Ravi Coltrane para a Saxophone Summit.

Outro dos momentos mais aguardados do Guimarães Jazz, na quinta-feira, 18, será o concerto do saxofonista Charles Lloyd que nos últimos anos tem gravado para a editora alemã ECM – uma das editoras de referência na área do jazz.

Destaque ainda para o concerto do quinteto de Gonzalo Rubalcaba e para a quinta edição do TOAP Colectivo com o concerto que juntará em palco Julian Argüelles (saxofone), Mário Laginha (piano), André Fernandes (guitarra), Nelson Cascais (contrabaixo) e Marco Cavaleiro (bateria). Nesta altura será igualmente lançada CD a gravação do concerto realizado da edição do ano passado.

Os preços dos bilhetes para cada concerto variam entre os 5 euros (dia 14) e os 20 euros (dias 11, 12, 13, 18, 19 e 20). Existe disponível a assinatura do festival pelo preço de 90 euros.

Texto: Paulo Dumas