PUB
Concertos, exposições, conferências, filmes e workshops sobre a vida e obra de Zeca Afonso
Sábado, Fevereiro 25, 2006

O grupo de música tradicional galega “Ardentía”, Amélia Muge, Luanda Cozetti, Francisco Fanhais, José Fanha, Zé Perdigão, Canto Nono, Astedixie e Uxia encerram a homenagem a Zeca Afonso no Centro Cultural Vila Flor, às 21h30.

O Círculo de Arte e Recreio, de Guimarães, preparou um programa para homenagear Zeca Afonso.

Coordenada por José Mário Branco, a homenagem pretende assinalar a morte de José Afonso (Fevereiro de 1987) e servirá de rampa de lançamento para as comemorações dos 20 anos da sua morte, que terão lugar em 2007.

O programa conta com concertos, exposições, conferências, filmes e workshops sobre a vida e obra do cantor, que decorrerem privilegiadamente no Centro Cultural Vila Flor.

Para além do programa que irá decorrer no CCVF (ver abaixo), a empresa de panificação Pavico e a Biblioteca Municipal Raul Brandão vão protagonizar a iniciativa “Pão com Sonho”. Para assinalar a homenagem a Zeca Afonso, vão ser distribuídos milhares de sacos de embalagem de pão com dados biográficos e alguns poemas do cantautor. As embalagens de pão serão usadas nos vários postos de venda da Pavico, no centro e na periferia de Guimarães.

Associaram-se a esta iniciativa a Associação José Afonso, a Associação 25 de Abril, a Associação Académica da Universidade do Minho, a Biblioteca Municipal Raul Brandão, o Sindicato dos Professores do Norte, o Centro Infantil, Cultural e Popular, a Pavico, o Cineclube de Guimarães e a Cooperativa “A Oficina”, com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães.

Iniciativas

A abertura da iniciativa terá lugar na praça coberta do CCVF no dia 24, às 18h00, com uma exposição que incluirá livros e discos da Associação José Afonso e objectos e documento pessoais do cantor.

Às 19h00, o Café-Concerto acolhe o lançamento do livro “Zeca Sempre” composto por depoimentos de autores galegos e portugueses, da responsabilidade da Editora Arca das Letras.

Ainda no mesmo dia, às 21h30, Manuel Freire, Pedro Barroso, João Lóio, “De Outra Margem”, Dino Freitas e Manuel de Oliveira sobem ao palco do Grande Auditório para o primeiro concerto de homenagem.

No final do espectáculo, a noite promete continuar no Café-Concerto onde a música será especialmente dedicada a Zeca Afonso.

No dia 25, o Centro Cultural Vila Flor recebe, às 10h30, um workshop sob o tema “(Re) Viver Abril com Zeca Afonso – Para uma Didáctica de Unidade”, orientado para o sector do Ensino, da responsabilidade do Sindicato de Professores do Norte.

A partir das 15h00, no Café-Concerto, está programada uma emissão “non-stop” de vídeo e projecção do filme “O Anúncio”, do realizador José Cardoso. José Afonso participa neste filme interpretando “Vejam Bem”, para o qual compôs esta canção.

Durante todo o dia, o Centro Cultural Vila Flor terá animação musical de rua e nos jardins, que contará com a participação de alguns dos grupos que integram o elenco dos concertos.

Às 17h00, no Café-Concerto, terá lugar uma Conferência moderada pelo jornalista Rui Pereira que contará com a participação de Alípio de Freitas, José Viale Moutinho, Octávio Fonseca, Padre Mário de Oliveira e Viriato Teles, em representação do “Mundo da Canção”.

O grupo de música tradicional galega “Ardentía”, Amélia Muge, Luanda Cozetti, Francisco Fanhais, José Fanha, Zé Perdigão, Canto Nono, Astedixie e Uxia encerram a homenagem a Zeca Afonso no Centro Cultural Vila Flor, às 21h30, com um concerto no Grande Auditório.

Entre os dias 23 de Fevereiro e 13 de Abril, vai estar também patente, na Biblioteca Municipal Raul Brandão, a exposição “Zeca Afonso: o Sonho Cantado”.

Artigos Relacionados